OLARIA GUABIRUBA-SC

Blog

Quinta, 12 de abril de 2018

Jogo dos 4 erros!

Neste último sábado (7) recebemos a visita do povo das bandas de Blumenau, a galera massa do Veteranos Nova Aurora. Devo ressaltar que de fato essa turma é um time de 100% de Veteranos do goleiro ao técnico e este atende pelo nome de Sr. Osório – grande sujeito. O jogo chegou ao fim com o placar de Olaria 4 x 4 Nova Aurora.

Ao chute inicial de nossos ilustres visitantes, logo a equipe da casa foi tomando conta do jogo, tocando a bola com tranquilidade e arriscando ótimas oportunidades de gol, partindo ao mesmo por todos os lados do campo. Na pegado do quem não faz toma, já por volta dos 15 para 20 min. um chute cruzado do meia atacante do Nova Aurora o zagueirão olariano tenta chutar para longe a bola, porem o chute saiu pala culatra e a bola acabou indo morrer no fundo de nosso gol. Sem perder tempo Olaria não se deixou por abater e partiu novamente ao ataque, em cruzamento vindo da direita, Deni (dito anterior do gol contra) mete a testa na redonda e empata o jogo, pagando a Khda do contra...rsrsrsrsr. Já sem perder tempo, minutos depois em cobrança de falta alçada na área de maneira espetacular, onde a torcida em alguns pontos das arquibancadas (estádio lotado) chegou a gritar por Chefia Assunção – lembrando o velho Marcos Assunção em suas boas cobranças de falta - bola que chega a área e de lá novamente Deni bem posicionado ou melhor....recebendo a bola da falta bem cobrada o mesmo tem o trabalho de pegar a bichinha ajeitar e balançar as redes pondo Olaria a frente do placar. Vamos ao segundo erro, em jogada de contra-ataque do Nova Aurora o jogado mete um chutão de fora da área, a bola desvia na marcação distante e encobre o defensor da meta mal posicionado engolindo o gol de empate. Olaria segue na mesma forma de jogar, coordenando todos os momentos de jogo. Em dia inspirado do avante Theo chegamos ao terceiro gol, Theo recebe a bola pela intermediaria esquerda do ataque olariano, parte pra cima do primeiro marcador, dribla e invade a área, corta mais um rente a linha de fundo e mete passe cruzado por sobre o goleiro e pela outra ponta do gol o sempre matador Ednaldo, vulgo Negão 360º, tem a árdua tarefa de manter a escrita de goleador e sair para o abraço.

Vamos a parte dois do grande jogo, Olaria mantem à vontade mesmo sob o sol meta ultra quente. Agora pela ponta direita Theo recebe a bola invade a área e mete um chute cavadinha colando a bola na bochecha da rede ao pé da trave oposta, Olaria 4 x 2 Nova Aurora. Eis que surgem os erros seguintes, atacante Visitante parte pra dentro da área e dois marcadores olarianos titubeiam na roubada de bola e quando à tentam acabam tocando (ou não) no cidadão e este que não é bobo nem nada, se joga na piscina e só espera ouvir o assopro do instrumento manipulado pelo Juiz, penalidade assinalada e convertida. Ainda antes do apito final Nova Aurora acerta bela jogada pela direita encaixando cruzamento para o intimo da pequena área e por lá o jogador que nos visita desvia e sai comemorando o quarto gol de sua equipe e também nossa quarta falha na obstrução do gol adversário.

Um grande jogo de futebol veterano, quase que 100% na bola. Foi um grande prazer receber essa turma pra confraternizar em nossa casa, feliz ainda por ter o salão cheio de amigos e novos amigos celebrando o dia com a gente ao sabor de um belo jantar.

Olaria foi a campo assim: Matheus, Rud, Deni, Zé e Beto, Isais, Valdecir, Adélio e Sassá, Valdemar e Negão. Ainda participaram ativamente do jogão: Raposo, Beto Paz, Jorge, Juliano, Laguna e Theo.

Grande abraço aos amigos e a cada um!!

Att.: Valdecir Roling

8 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Segunda, 2 de abril de 2018

Grande Jogo!

Mais uma vez Olaria e Cruzeiro se enfrentam e mais uma vez sai um belo jogo de futebol. Olaria recebeu no sábado (24) a equipe do Cruzeiro de Gaspar mantendo a tradição do encontro e dos muitos gols, onde Vencemos pelo Placar de 3 x 2.

Antes dos 15 min. Da primeira etapa depois de muita pressão com alguns chutes para fora e outros sendo defendidos pelo grande goleiro que a equipe de Gaspar tem, Olaria abriu o placar em grande jogada de Sassa pela direita que bate cruzado para dentro da área onde Adélio bem posicionado tem o trabalho de balançar as redes e sair para o abraço da galera. Olaria ainda em ritmo de festa por conta do gol e do grande volume de jogo a frente da meta cruzeirense, acaba relaxando, o que foi percebido pelos visitantes e sem perdão, em duas jogadas em um espaço curto de tempo balançaram as nossas redes, a primeira um chute de fora da área a bola acaba sendo desviado pelo zagueirão tirando qualquer chance de defesa do nosso goleiro, já a segunda em cobrança de falta na primeira trave o jogador de ataque desvia a bola colocando o outro laaa ao fundo em impedimento marcando o gol da vidara onde o juizão não viu e confirmou o gol. Olaria acordou e buscou o empate, em um belo chute de Theo.

Vem o segundo tempo, times cansados e pouco produtivos, algumas jogadas faltosas por conta do próprio cansaço. Em uma saída rápida de bola onde a jogada começa no zagueiro Deni que faz passe lançado para Valdecir que dribla um marcador e toca para Negão e aí meus amigos é esperar o 360º e aplaudir o gol. Fim de Jogo Olaria conquistando sua primeira vitória 3 x 2 Cruzeiro.

Fomos a campo assim: Matheus, Rud, Zé, Deni e Beto Paz, Valdecir, Beto, Sassa e Adélio, Theo e Raposo. Ainda se lançaram ao embate: Izaias, Negão, Valdemar e Laguna, tivemos ainda a estria de Jorge.

Att.: Valdecir Roling.

8 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Segunda, 19 de março de 2018

Clássico Guabirubense!

No último dia 10, fomos ao bairro vizinho para resgatar a realização do grande clássico da cidade de Guabiruba, fomos ao encontro da galera do Cruzeiro, onde tivemos uma excelente tarde de futebol, pelo menos para quem esteve no jogo ou presenciando o espetáculo, para nós do Olaria foi um pouco menos divertido por conta do resultado adverso, Cruzeiro 4 x 3 Olaria e isso ainda se agrava por conta de estarmos as 3 vezes a frente do placar.

Já nos primeiros minutos de jogo, em excelente triangulação de Sassa, Valdemar, Sassa este acerta um belo chute no canto esquerdo do goleiro colocando a frente os visitantes. Sem perder muito tempo, Cruzeiro recheado de craques (alguns até ex. Olarianos) se lança ao ataque e assim também em ótima jogada vencem nosso guarda-metas empatando o jogo, e assim nesse tal de toma lá dá cá, foi a vez do olaria forçar jogada em direção ao gol adversário e não poderia ser de maneira mais bela, em bom cruzamento da direita o avante Theo emenda um sem pulo não dando chances alguma ao goleirão cruzeirense, olaria novamente a frente no placar. E vamos nós, falta à frente da área Olariana, um bate rebate danado até em tentativa de expulsar a bola da grande área com um cabeceio sem muita força a bola vai cair na ponta do semi-círculo da grande área e dali sem deixar a bola cair o excelente meia armador de azul dá uma sapatada no cantinho da trave, golaço e novamente jogo empatado e ainda tivemos tempo pra mais um, e na mesma pegada dos golaços Sassa pega de primeira uma bola jogara para fora da área pela defesa cruzeirense estufando as redes da equipe da casa e assim dando números finais a primeira parte da partida.

Segundo tempo com algumas alterações nas duas equipes e a bola rola, cruzeiro volta mais ligado para o jogo e com mais vontade de ganhar, ainda contou com a força da torcida que estava fazendo uma barulheira no alambrado. Tentamos, algumas jogadas mais sem sucesso, hora perdidas por nosso lapso de pontaria e outras vezes pela ótima atuação do goleirão Schlia. E como dito, vontade não faltou ao time da casa que em duas boas oportunidades criadas viraram a a partida, onde na primeira delas um rebote para fora da área a bola se apresenta a um atleta de azul que de primeira mete no cantinho do gol e a tampa do caixão não demora muito pra acontecer, em jogada de contra-ataque pela direita o avante invade área e consegue um chute sem ângulo por sobre o goleiro olariano.

Grande jogo, equipes amigas, jogando as duas em casa coisa bonita de se ver, parabéns a todos os envolvidos! Após a partida aquele rangão caseiro top das galáxias...

Olaria foi assim para a arena: Matheus, Rud, Juliano e Beto Paz, Leandro, Jean, Valdecir e Sassa, Valdemar e Theo. Ainda suaram a camisa: Isaias, Beto, Zé, Negão e Deni.

Ótima semana a todos!!

 

Att.: Valdecir Roling

3 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quinta, 8 de março de 2018

Abertura da temporada!

A espera terminou, demos o pontapé inicial na temporada 2018 e que seja um grande ano a todos nós, seja na vida pessoal, profissional e ou futebolística. Fomos a Balneário Camboriú encontrar ou melhor reencontrar a galera do União da Vila e que pra nossa suada surpresa (foi um jogo extenuante) além do pessoa do União ainda tivemos de jogar contra a equipe do Cristo Luz, pois as duas turmas fizeram desse jogo um jogo peneira e vão unificar as equipes. Mais como a pega é 11 contra 11 vamo rola logo essa bola.

Na primeira etapa jogamos contra a equipe do Cristo e saímos vitoriosos com um gol a zero, o gol foi “anotado” pelo meia armador Sassá que recebeu belo lançamento pela entrada esquerda da grande área, invadiu a área deixando dois marcadores para traz, driblando mais um já quase sobre a linha de fundo de onde se posicionou e bateu cruzado para a pequena área e o defensor acabou não conseguindo expulsar a bola dali, a bola bate em suas pernas e vai morrer nas redes. Tivemos um bom domínio de jogo nessa primeira etapa, agumas outras boas jogadas de área, chutes de longa distância porem estes sem a direção certa ao gol, a turma do Cristo também aproveitou alguns lances para colocar em alerta nossa defesa que nesse quesito defesa se postou bem, vale a ressalva.

Partimos a segunda etapa e aí o caldo deu uma engrossada, eram 11 jogadores zerados de folego do outro e ainda mais uns 13 pra substituir, segurar o 0 x 1 não seria trabalho fácil e não foi, não demorou muito tempo e o empate aconteceu, sim foi um erro de saída de bola nosso porem na velocidade do atacante descansado o arremate foi certeiro. Ainda tínhamos 20 min. Para serem jogados e não parava de entrar novos jogadores do outro lado e novamente novo lançamento impreciso de uma tentativa de defesa lançando ataque o contra-ataque aconteceu, jogador boleiro dos bons da equipe do União sobra sozinho entre defesa e goleiro e este tenta sair da área para interceptar a bola e acaba sendo driblado e sofrendo o gol da virada, União da Vila 2 x 1 Olaria. Mais fomos pra Balneária em busca de bom jogo e de gols, e assim nos quase suspiros finais o grande Lateral Leandro recebe a bola e como que com as mãos joga a bola para a grande área onde por lá Theo salta e mete a cabeça na redonda (segundo ele parando no ar tal qual Dadá Maravilha – só ele viu isso), testada certeira ao gol de empate.

Para uma primeira partida de temporada onde alguns de fato estavam jogando o primeiro jogo do ano Olaria fez um grande jogo, lutou bravamente contra praticamente 3 equipes (dado o número de jogadores) e ao sair com um empate, podemos entender que teremos um grande ano pela frente, basta manter o empenho de jogo fazendo cada um o seu papel. Parabéns Vetéras!

Fomos assim ao jogo: Matheus, Rud, Jean, Gaúcho e Beto Paz, Valdecir, Leandro, Sassá e Adélio, Raposo e Negão. Ainda tivemos a mesma dedicação de: Juliano, Zé, Theo e Valdemar e ainda claro a grande e ilustríssima companhia de Betão.

Fecha a conta e passa a régua!

Att.: Valdecir Roling

5 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quinta, 9 de novembro de 2017

Voltando ao Rumo!

No último sábado (4) voltamos a jogar em casa e por sorte e claro uma boa dose de talento e um mesmo tanto de empenho podemos sair vitoriosos do jogo. No jogo da ida fomos alvejadas por uma chuva de gols e por conta disso talvez nosso empenho tenha cido maior em conquistar o resultado positivo em nossos domínios. Recebemos os novos amigos da equipe o CEPEL de Ilhota e conseguimos o placar a nosso favor de 3 x 1.

Foi um início até bem equilibrado, onde o meio de campo das duas equipes quando em posse de bola deixavam seus avantes em boas condições de conclusão de gol. Olaria insistindo em jogadas pela direita de seu ataque com a dupla Rud e Sassa em muitas oportunidades chegavam na área com belos cruzamentos que por detalhes não eram aproveitados em gol e ou nos rebotes do excelente goleiro da equipe que nos visitou nos presenteava, os chutes acabavam sendo desperdiçados com pouca força ou na direção distante da trave, massssssssss uma hora tem de dar certo e novamente a dupla Rud e Sassa e sempre ali pelo flanco direito, Rud toca para Sassa que invade a área e dessa vez seu chute cruzado encontra Adélio que de Peito (palavras dele) arremata em gol e ai sai para o abraço da galera. Para infelicidade olariana a alegria durou pouco, em boa jogada de ataque a equipe do CEPEL a turma invade a área mete um arremate que a defesa consegue afastar parcialmente e esse termo é o que dá folego de jogo à equipe de Ilhota, a bola sai pouco da área e de pronto o jogador acerta uma pancada que ainda sofre leve desvio e vai morrer nas redes da equipe da casa, empatando o jogo em 1 x 1 e dando assim números finais ao jogo.

Partiu segunda metade, jogo continua equilibrado até metade do tempo, onde depois de muito lutar a equipe olariana novamente usando seu bom jogador Sassa como arma de criação e pasmem pela direita de nosso ataque, agora após saída para o descanso merecido de Rud, Valdecir passou a se aventurar mais ao ataque, que em bonita tabela de Valdecir tocando pra Sassa que devolve para Valdecir já de frente pro gol domina dribla Deni (nosso atacante) e bate por sobre o goleirão marcando agora o segundo gol da equipe da casa, ufffa tudo estava indo bem para o caminho da vitória. Já mais próximo ao final da partida Deni recebe belo passe dentro da área, domina e ao tentar girar em torno da marcação é derrubado e ai meus amigos nem Clovis o homem do apito (que custa em marcar algo assim a nosso favor) não teve dúvidas e apontou a marca cal, láááá da outra área vem no trotezinho o nosso boníssimo guarda metas Matheus para ser presenteado com um gol (claro se bater direitinho), ajeita a bola dá três passos para trás e pahhh.... rede nelaaa, PARABÉNS MATHEUS, foi simples mais foi um presente de todos nós, e que venham outros penais... !!! Fim de jogo Olaria 3 x 1 CEPEL.

Agradecemos aos bons jogadores da equipe visitante que nos presenteou com uma chance de apresentar um belo futebol, aos mais malcriados sabemos que é de jogo e tudo se acalma com o tempo. De todo modo foi um prazer receber os amigos e poder trocar algumas mentiras com a galera.

Agora sem dúvidas é um prazer imensurável estar com a turma OLARIANA, jogamos pelo prazer de estarmos juntos entre família, claro o resultado influencia no humor durante o jogo (principalmente o meu) e também no pós jogo, mais certamente ficar sentado sem ver o tempo passar, batendo um papo e ai sim contando muitas mentiras rsrrrsrsr com essa família de coração e que cresce a cada novo tempo, pois vemos esposas chegando e com elas filhos em alguns momentos, é muito bom!!! Que cresça mais e mais!

Olaria foi a campo assim: Matheus, Rud, Jean, Betinho e Zé (corre que tem missa), Valdecir, Leandro (corre dindo do Crisma), Sassá e Adélio (gol de peito), Valdemar e Deni. Ainda de forma efetiva e atuante: Raposo, Beto, Betinho e Juliano.

Grande abraço a todos!!! E aí se liga que sábado já está confirmado, vamos receber a galera massa do Alvorada!

Att.: Valdecir Roling!

4 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quarta, 1 de novembro de 2017

Lembranças Amargas!

No último dia 21, Olaria foi a Camboriú para realizado jogo da volta com a galera do Vila Real, e a expectativa era de um grande jogo. Coisa que até ocorreu na primeira parte do embate, pois na segunda parte foi um jogo treino para a equipe da casa.

Olaria inicia o primeiro tempo muito bem, contendo os avanços do Vila e ainda criando boas jogadas próximo ao gol adversário. Em falta próxima a linha central do campo em favor dos olarianos, Sassa se apresentou para a cobrança e ao chutar cruzado a área adversário o zagueirão tentou cortar e acabou desviando para dentro do gol abrindo o placar pró Olaria. Minutos depois acontece falta na entrada da área olariana e na batida por sobre a barreira a bola vai dormir nas redes do gol empatando a partida. No finzinho do 1° tempo em bela jogada na entrada da área a equipe do Vila consegue envolver a defesa olariana e em chute desviado a bola novamente vai as redes, finalizando o placar em Vila Real 2 x 1 Olaria.

A segunda parte do jogo o dinamismo por parte de nós visitantes se perdeu e assim a equipe da casa aproveitou e partiu para a goleada, o terceiro gol ocorreu após uma penalidade clara não marcada em favor do Olaria e no que todos ficam reclamando, Vila se lança rápido ao ataque e consegue pegar a defesa toda perdida e marca. O quarto gol surge de uma penalidade, bola na mão dentro da área, que batido o gol se confirma. Já o quinto gol surge de uma cobrança de falta cruzada na segunda trave onde o avante domina no peito e mete um belo chute cruzado. Olaria ainda consegue marcar mais um em bola cruzada na área Theo se atira dividindo com o goleiro onde acabe vencendo a disputa e conclui o gol. Por fim o sexto gol da equipe da casa, onde o meia muito do habilidoso pega a bola de um lado da grande área, parte com a bola dominada driblando meio time olariano (acho que deu umas três voltas por dentro área e ninguém tirou a bola) e bate em conclusão do gol derradeiro, fim de papo Vila Real 6 x 2 Olaria.

Claro depois do jogo aquela janta mais q especial que a turma do Vila sempre apresenta a quem tem o prazer de visita-los para um jogo de futebol veterano.

Olarianos presentes no jogo treino: Matheus, Rud, Jean, Zé e Beto Paz, Valdecir, Sassa, Laguna e Adélio, Ednaldo e Marcelo, ainda também: Raposo, Theo e Beto.

Grande abraço a todos!!

Att.: Valdecir Roling

Participe, deixe o seu comentário
Segunda, 16 de outubro de 2017

Chuva, que Chuva?!? Aaaa de Gols!

Neste último sábado (14), Olaria foi a Gaspar para realizar jogo com a turma do Sênior Gaspar que lutou para que tivéssemos a possibilidade de jogar mesmo com aquela chuva toda que caiu durante todo o dia, e acreditem o campo estava muito bom do começo ao fim do jogo (dadas as devidas condições). Um jogo sob chuva e de chuva de gols, 4 foram anotados sendo 2 para cada lado.

Ao apito do juiz que nos avisou - carrinho será falta - a intenção era cuidar para que ninguém se machucasse, e deu certo. Olaria abriu o placar logo aos 5 minutos de jogo em bola roubado por Valdecir (única coisa que fez no jogo além de discutir com o juiz e ser expulso na segunda etapa), Valdemar segue a jogada e toca para Negão360º que dessa vez não teve tempo de girar e sim de avançar tocando por baixo das mãos do goleiro gasparense abrindo o placar, mais antes disso Sênior teve pelo menos umas 5 jogadas de quase gol incluindo uma bola na trave depois de uma cobrança de escanteio. Ainda na primeira etapa aproveitando a grama molhada depois de um rebote da defesa olariana, o jogador de Gaspar consegue com grata felicidade um belo chute de fora da área que sem chances de defesa do sempre atento Matheus acha o canto da trave empatando o jogo e deixando o primeiro tempo em igualdade no placar.

Segundo tempo inicia, novamente Olaria com poucas mudanças 3 apenas estavam à disposição (o suficiente para suprir as 3 expulsões que o caseiro juiz conseguiu arrumar, todas por questionar sua arbitragem e não por faltas desumanas, vale a ressalva), Olaria consegue dominar o meio de campo e prender mais a bola no ataque e ainda quando pressionado Jean e Juliano em dia inspirados nada deixavam passar quando a bola chegava perto da meta olariana. Já eram jogados 25 min da etapa complementar quando Olaria teve uma falta anotada pelo lado direito do ataque e por lá Sassá se apresentou para a cobrança, Bichão bate cruzado e perto da marca do pênalti Deni escora para o gol que em bela defesa do goleirão da equipe da casa a bola se oferece para o lateral atacante Beto Paz que em velocidade de bate pronto afunda a bola nas redes Gasparenses deixando novamente Olaria na vantagem do placar. Depois da vantagem olariana começaram as expulsões, primeiro foi Valdecir que conversando com o Juiz teve o vermelho apresentado, depois foi a vez de Leandro o anjo da 17 que ao ser mandado calar a boca (dito pelo juiz) respondeu e foi expulso, pouco tempo depois foi a vez de Juliano ao questionar marcação errada do simpático juiz acaba por receber o segundo amarelo e ser expulso, e pra finalizar a atuação do rapaz do apito, em bela jogada trabalhada pela equipe da casa seu avante consegue boa infiltração na defesa visitante e quando ao entrar na área consegue cavar falta e o juizão “cai na dele” e marca penalidade máxima nesse ponto dou total mérito ao atacante que conseguiu criar a jogada e ganhar a falta, e como dito pênalti, foi batido e convertido empatando o jogo e dando números finais ao jogo, Sênior 2 x 2 Olaria.

Deixo aqui nosso agradecimento ao Sênior e em especial ao Morales que por infelicidade teve uma leve fratura no nariz em decorrência de uma pancada resultante de um encontrão com um de nossos atletas. Uma ótima equipe para se brincar de futebol veterano, apenas achamos o juiz um tanto quanto caseiro, mais sei que muitos também acham isso do nosso, então tudo empatado. Estimamos de coração a recuperação do Morales e isso inclui o desespero e as juras por toda a família de nosso amigo olariano que se chocou com o nariz de Morales. Agradecimentos ainda a boa recepção nos oferecida, onde tivemos algumas pessoas batendo fotos e mandando pra galera zuando o que perderam...rsrsr.

Olaria foi campo assim: Matheus, Rud, Juliano, Jean e Zé, Beto, Leandro, Sassá e Valdecir, Ednaldo e Valdemar. Ainda com mesma força de vontade foram a campo: Deni, Marcelo e Beto Goleador Paz.

 

Boa Semana a todos!

 

Att.: Valdecir Roling

 

6 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Segunda, 16 de outubro de 2017

Jogando no feriado!

Na última quinta-feira (12), fomos até Tijucas para realizar um jogo perdido por conta das chuvas no meio do ano, e claro rever o simpatissimo Sr. Misinho que logo em dois minutos de conversa vc já se sente amigo de anos.

Jogo feio por conta dos inúmeros gols perdidos a frente dos guarda metas esse foi o jogo. Mais vamos a alguns detalhes, Olaria foi para o jogo com apenas 2 suplentes e para um jogo onde o campo é enorme e duro, a bola acaba que corre muito e se não estiver preparado aaaa meu nobre... o jogado tomba por ali. As duas equipes se lançavam sempre em busca de golpes de contra-ataques, e aqueles gols bobos iam sendo perdidos, até que por volta dos 30 min da primeira etapa, Rud toca para Negão360º e este faz bonita escora para que Sassá em velocidade receba e parta em direção ao gol deixando seu marcador para traz, invadindo a área pelo lado esquerdo e com um sutil toque desloca o goleiro fazendo com que a bola apenas pare no fundo das redes, e ai foi sair para alegria da galera e da torcida que inclusive recebeu coraçõezinhos apaixonados, gollllllll Sassá monstro.

Segunda etapa..... juro que além do lance do gol a primeira parte não teve mais nada. Segunda etapa, mais gols perdidos, agora com estrelinhas dando mais ênfase ao grau de perder gols..rsrsrsr coisa de que se querer chutar pra fora a bola entraria...rsrsrsr.... e ainda tinha uns bicho estranho pelo meio de campo que pra dominar a bola só mesmo se ela batesse no dito....  Destaque da segunda etapa foi o juizão que colocado pra apitar o jogo aos apuros (segundo pessoal da casa o juiz principal deu cano), mais gordinho que um camisa 9 que conhecemos correu bem o jogo todo e por infelicidade do time da casa não marcou um pênalti claro a favor dos mandates, o que daria a possibilidade de igualdade no placar. E falando em possibilidade me veio à mente que tivemos sim um outro grande destaque no jogo, Matheus goleirão Olariano, fez algumas defesas milagrosas na segunda etapa contribuindo e muito para o placar magro do jogo, fim de papo, Riograndense 0 x 1 Olaria.

Agradecemos ao RIograndense e em especial ao Sr. Misinho que nos fez esse convite de jogar nesse feriado, eu sei eu sei... eles acharam q ganhariam de novo..rsrsrsr... pois fomos derrotados no jogo anterior (se perdeu o jogo é só ler a resenha com o título “Derrota Agridoce”, tirando as bobagens resenhadas aqui, de fato essa turma do Riograndense é muito bacana e assim esperamos poder reencontra-los por muitos anos.

Galera Olariana que se esforçou e foi pro jogo assim: Matheus, Rud, Jean, Gaúcho, e Zé, Leandro, Valdecir, Adélio e Sassá, Valdemar e Negão e claro: Betão e Marcelo.

Abração a todos!!!

Att.: Valdecir Roling

4 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Segunda, 16 de outubro de 2017

Devolvendo o placar!

No primeiro sábado deste mês (07), recebemos em nossa casa a galera de gente boníssima do Fluminense de Balneário e como dito a cima no título, conseguimos devolver o placar do primeiro jogo láááá do meio do ano 4 x 2.

Em um primeiro tempo de 3 gols e uma partida muito bem jogada de futebol, Olaria logo nos dois primeiros minutos de jogo já estava em vantagem no placar, em jogada pela direita do ataque Ednaldo (Negão360º) passa para Sassá que cruza na medida para Valdemar ir as redes com um belo peixinho. Lá pelos 20 min. pênalti para o time da casa onde Sassá vai a cobrança, bate mal e o goleiro defende, Negão chega dividindo o rebote com o goleiro e a bola vai sobrar justamente para Sassá se redimir do erro da cobrança, Olaria 2 x 0. Olaria estava assustadoramente impressionante sempre chegando com muito perigo ao gol do tricolor o litoral. Perto do fim da primeira etapa, em boa jogada de Sassá (sempre ele), ele eleva a bola para o meia boca Valdecir que chega dividindo com o zagueiro e com felicidade consegue um chute para o gol, vencendo o goleiro fluminense, fim da primeira parte do espetáculo, Olaria 3 x 0.

E vamos ao complemento do jogo, muitas mudanças na equipe da casa, 7 foram as alterações e nessa de mudar a multidão Fluminense consegue criar algumas boas jogadas aproveitando o desentrosamento olariano e em chute de fora da área que iria para fora, a bola acaba sendo desviada pelo gigante Leandro e assim a danada foi encobrir o goleirão Matheus morrendo lá no fundo da rede, descontando a diferença no placar. E como dito, Olaria estava apenas se ajustando, e se fortaleceu novamente no ataque, agora em cruzamento da direita a bola viaja por toda a pequena área encontrando Deni que mete a cabeça na redonda, que indo na direção do gol é defendida com uma bela espalmada…. mais espere não foi o goleiro.... aaa então é PENALLLLLLTIIIII, e assim na pressão nosso mitológico Beto se recusa a bater... e ai o fominha Bili pega a bola e parte para as redes, Olaria já estava com 4 tentos anotados e 1 apenas aos visitantes, ao que no finzinho do jogo o avante tricolor consegue driblar o marcador e vai à dentro da área, onde o mesmo marcador parte em dividida jogador cai e juiz marca, sim o terceiro pênalti do jogo e que também foi convertido, fim de jogo Olaria 4 x 2 Fluminense.

Tivemos ainda o prazer de participar das comemorações dos 12 anos de fundação desse grande grupo de amigos que é o Fluminense Sênior conduzido pelo grande amigo que o veterano nos deu, Joel. Parabéns Fluminense e que venham muitos anos mais.

Olaria foi a campo assim (se eu esquecer de alguém e perdoem): Matheus, Rud, Juliano, Gaucho e Zé, Jean, Valdecir, Sassá e Adélio, Valdemar e Ednaldo. Foram juntos com a equipe: Marcelo, Deni, Laguna, Billi, Leandro, Beto e Beto Paz.

Fecho!!

 

Att.: Valdecir Roling

6 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quinta, 5 de outubro de 2017

Bom jogo em Gaspar!

No sábado (23/09) Olaria foi a Gaspar rever os amigos da Equipe do Cruzeiro e como de costume realizar um belo jogo de futebol.

Em um primeiro tempo de muita supremacia Olariana, conseguimos impor bem nosso jogo e controlar os avanços por parte da equipe da casa. Tivemos algumas boas chances de gols perdidas por detalhes, até acontecer uma bela cobrança de escanteio do inspirado garçom do dia Sassá que bate na segunda trave aonde em alta velocidade (quase inacreditável) Adélio vem a um super salto de 2,6 cm de altura e cabeceia para as redes abrindo o placar do jogo.

Já na segunda etapa alterações realizadas dando folego novo ao grupo, Olaria se lançou ao ataque querendo liquidar logo a partida, refizemos a formação de ataque para assim também ter um maior poder ofensivo, o que de inicio deu bom resultado, Sassá recebe a bola que toca para Billi e este em um chute de fora da área (mais torto que a subida do rio do rastro) consegue deslocar o goleiro que nem foi ao canto certo para aparecer na foto, Cruzeiro 0 x 2 Olaria. Agora em jogada pela direita de seu ataque Cruzeiro chega à linha de fundo, bate cruzado para seu atacante na entrada da área que domina gira e acerta um belo chute tirando a bola do Goleirão Matheus diminuindo a diferença no placar. Faltaaa para Olaria, Sassa na bola... e se tem Sassa na bola a chance de gol é certa, em bela cobrança buscando um olariano que entrava na segunda trave o zagueirão tenta cortar mais acaba ajeitando melhor ainda a bola para outro olariano Deni que só tem o duro trabalho de cabecear encobrindo o goleiro que vinha saindo e assim fechar o Placar: Cruzeiro 1 x 3 Olaria.

Agradecemos ao Sr. Afonso, sempre muito atencioso com nossa equipe, assim como sua esposa que não perde um jogo dessa boa equipe, parabéns também aos atletas que nos ajudaram a ter um bom jogo. Depois do jogo aquela sempre deliciosa janta regada a cantoria gaiteiro e muitos cânticos de parabéns ao Sr. Afonso que iria festejar mais uma primavera, parabéns Sr. Afonso.

Olaria foi a campo assim: Matheus, Rud, Gaúcho, Jean e Zé, Valdecir, Beto paz, Sassá e Adélio, Negão e Valdemar. Ainda contribuíram bem ao jogo: Beto, Juliano, Deni, Marcelo e Billi.

Bom resto de semana a todos!!

Att.: Valdecir Roling

1 pessoa comentou. Leia e comente também!
www.futebolveterano.com.br | contato@futebolveterano.com.br