OLARIA GUABIRUBA-SC

Blog
Segunda, 16 de outubro de 2017

Chuva, que Chuva?!? Aaaa de Gols!

Neste último sábado (14), Olaria foi a Gaspar para realizar jogo com a turma do Sênior Gaspar que lutou para que tivéssemos a possibilidade de jogar mesmo com aquela chuva toda que caiu durante todo o dia, e acreditem o campo estava muito bom do começo ao fim do jogo (dadas as devidas condições). Um jogo sob chuva e de chuva de gols, 4 foram anotados sendo 2 para cada lado.

Ao apito do juiz que nos avisou - carrinho será falta - a intenção era cuidar para que ninguém se machucasse, e deu certo. Olaria abriu o placar logo aos 5 minutos de jogo em bola roubado por Valdecir (única coisa que fez no jogo além de discutir com o juiz e ser expulso na segunda etapa), Valdemar segue a jogada e toca para Negão360º que dessa vez não teve tempo de girar e sim de avançar tocando por baixo das mãos do goleiro gasparense abrindo o placar, mais antes disso Sênior teve pelo menos umas 5 jogadas de quase gol incluindo uma bola na trave depois de uma cobrança de escanteio. Ainda na primeira etapa aproveitando a grama molhada depois de um rebote da defesa olariana, o jogador de Gaspar consegue com grata felicidade um belo chute de fora da área que sem chances de defesa do sempre atento Matheus acha o canto da trave empatando o jogo e deixando o primeiro tempo em igualdade no placar.

Segundo tempo inicia, novamente Olaria com poucas mudanças 3 apenas estavam à disposição (o suficiente para suprir as 3 expulsões que o caseiro juiz conseguiu arrumar, todas por questionar sua arbitragem e não por faltas desumanas, vale a ressalva), Olaria consegue dominar o meio de campo e prender mais a bola no ataque e ainda quando pressionado Jean e Juliano em dia inspirados nada deixavam passar quando a bola chegava perto da meta olariana. Já eram jogados 25 min da etapa complementar quando Olaria teve uma falta anotada pelo lado direito do ataque e por lá Sassá se apresentou para a cobrança, Bichão bate cruzado e perto da marca do pênalti Deni escora para o gol que em bela defesa do goleirão da equipe da casa a bola se oferece para o lateral atacante Beto Paz que em velocidade de bate pronto afunda a bola nas redes Gasparenses deixando novamente Olaria na vantagem do placar. Depois da vantagem olariana começaram as expulsões, primeiro foi Valdecir que conversando com o Juiz teve o vermelho apresentado, depois foi a vez de Leandro o anjo da 17 que ao ser mandado calar a boca (dito pelo juiz) respondeu e foi expulso, pouco tempo depois foi a vez de Juliano ao questionar marcação errada do simpático juiz acaba por receber o segundo amarelo e ser expulso, e pra finalizar a atuação do rapaz do apito, em bela jogada trabalhada pela equipe da casa seu avante consegue boa infiltração na defesa visitante e quando ao entrar na área consegue cavar falta e o juizão “cai na dele” e marca penalidade máxima nesse ponto dou total mérito ao atacante que conseguiu criar a jogada e ganhar a falta, e como dito pênalti, foi batido e convertido empatando o jogo e dando números finais ao jogo, Sênior 2 x 2 Olaria.

Deixo aqui nosso agradecimento ao Sênior e em especial ao Morales que por infelicidade teve uma leve fratura no nariz em decorrência de uma pancada resultante de um encontrão com um de nossos atletas. Uma ótima equipe para se brincar de futebol veterano, apenas achamos o juiz um tanto quanto caseiro, mais sei que muitos também acham isso do nosso, então tudo empatado. Estimamos de coração a recuperação do Morales e isso inclui o desespero e as juras por toda a família de nosso amigo olariano que se chocou com o nariz de Morales. Agradecimentos ainda a boa recepção nos oferecida, onde tivemos algumas pessoas batendo fotos e mandando pra galera zuando o que perderam...rsrsr.

Olaria foi campo assim: Matheus, Rud, Juliano, Jean e Zé, Beto, Leandro, Sassá e Valdecir, Ednaldo e Valdemar. Ainda com mesma força de vontade foram a campo: Deni, Marcelo e Beto Goleador Paz.

 

Boa Semana a todos!

 

Att.: Valdecir Roling

 

5 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Segunda, 16 de outubro de 2017

Jogando no feriado!

Na última quinta-feira (12), fomos até Tijucas para realizar um jogo perdido por conta das chuvas no meio do ano, e claro rever o simpatissimo Sr. Misinho que logo em dois minutos de conversa vc já se sente amigo de anos.

Jogo feio por conta dos inúmeros gols perdidos a frente dos guarda metas esse foi o jogo. Mais vamos a alguns detalhes, Olaria foi para o jogo com apenas 2 suplentes e para um jogo onde o campo é enorme e duro, a bola acaba que corre muito e se não estiver preparado aaaa meu nobre... o jogado tomba por ali. As duas equipes se lançavam sempre em busca de golpes de contra-ataques, e aqueles gols bobos iam sendo perdidos, até que por volta dos 30 min da primeira etapa, Rud toca para Negão360º e este faz bonita escora para que Sassá em velocidade receba e parta em direção ao gol deixando seu marcador para traz, invadindo a área pelo lado esquerdo e com um sutil toque desloca o goleiro fazendo com que a bola apenas pare no fundo das redes, e ai foi sair para alegria da galera e da torcida que inclusive recebeu coraçõezinhos apaixonados, gollllllll Sassá monstro.

Segunda etapa..... juro que além do lance do gol a primeira parte não teve mais nada. Segunda etapa, mais gols perdidos, agora com estrelinhas dando mais ênfase ao grau de perder gols..rsrsrsr coisa de que se querer chutar pra fora a bola entraria...rsrsrsr.... e ainda tinha uns bicho estranho pelo meio de campo que pra dominar a bola só mesmo se ela batesse no dito....  Destaque da segunda etapa foi o juizão que colocado pra apitar o jogo aos apuros (segundo pessoal da casa o juiz principal deu cano), mais gordinho que um camisa 9 que conhecemos correu bem o jogo todo e por infelicidade do time da casa não marcou um pênalti claro a favor dos mandates, o que daria a possibilidade de igualdade no placar. E falando em possibilidade me veio à mente que tivemos sim um outro grande destaque no jogo, Matheus goleirão Olariano, fez algumas defesas milagrosas na segunda etapa contribuindo e muito para o placar magro do jogo, fim de papo, Riograndense 0 x 1 Olaria.

Agradecemos ao RIograndense e em especial ao Sr. Misinho que nos fez esse convite de jogar nesse feriado, eu sei eu sei... eles acharam q ganhariam de novo..rsrsrsr... pois fomos derrotados no jogo anterior (se perdeu o jogo é só ler a resenha com o título “Derrota Agridoce”, tirando as bobagens resenhadas aqui, de fato essa turma do Riograndense é muito bacana e assim esperamos poder reencontra-los por muitos anos.

Galera Olariana que se esforçou e foi pro jogo assim: Matheus, Rud, Jean, Gaúcho, e Zé, Leandro, Valdecir, Adélio e Sassá, Valdemar e Negão e claro: Betão e Marcelo.

Abração a todos!!!

Att.: Valdecir Roling

4 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Segunda, 16 de outubro de 2017

Devolvendo o placar!

No primeiro sábado deste mês (07), recebemos em nossa casa a galera de gente boníssima do Fluminense de Balneário e como dito a cima no título, conseguimos devolver o placar do primeiro jogo láááá do meio do ano 4 x 2.

Em um primeiro tempo de 3 gols e uma partida muito bem jogada de futebol, Olaria logo nos dois primeiros minutos de jogo já estava em vantagem no placar, em jogada pela direita do ataque Ednaldo (Negão360º) passa para Sassá que cruza na medida para Valdemar ir as redes com um belo peixinho. Lá pelos 20 min. pênalti para o time da casa onde Sassá vai a cobrança, bate mal e o goleiro defende, Negão chega dividindo o rebote com o goleiro e a bola vai sobrar justamente para Sassá se redimir do erro da cobrança, Olaria 2 x 0. Olaria estava assustadoramente impressionante sempre chegando com muito perigo ao gol do tricolor o litoral. Perto do fim da primeira etapa, em boa jogada de Sassá (sempre ele), ele eleva a bola para o meia boca Valdecir que chega dividindo com o zagueiro e com felicidade consegue um chute para o gol, vencendo o goleiro fluminense, fim da primeira parte do espetáculo, Olaria 3 x 0.

E vamos ao complemento do jogo, muitas mudanças na equipe da casa, 7 foram as alterações e nessa de mudar a multidão Fluminense consegue criar algumas boas jogadas aproveitando o desentrosamento olariano e em chute de fora da área que iria para fora, a bola acaba sendo desviada pelo gigante Leandro e assim a danada foi encobrir o goleirão Matheus morrendo lá no fundo da rede, descontando a diferença no placar. E como dito, Olaria estava apenas se ajustando, e se fortaleceu novamente no ataque, agora em cruzamento da direita a bola viaja por toda a pequena área encontrando Deni que mete a cabeça na redonda, que indo na direção do gol é defendida com uma bela espalmada…. mais espere não foi o goleiro.... aaa então é PENALLLLLLTIIIII, e assim na pressão nosso mitológico Beto se recusa a bater... e ai o fominha Bili pega a bola e parte para as redes, Olaria já estava com 4 tentos anotados e 1 apenas aos visitantes, ao que no finzinho do jogo o avante tricolor consegue driblar o marcador e vai à dentro da área, onde o mesmo marcador parte em dividida jogador cai e juiz marca, sim o terceiro pênalti do jogo e que também foi convertido, fim de jogo Olaria 4 x 2 Fluminense.

Tivemos ainda o prazer de participar das comemorações dos 12 anos de fundação desse grande grupo de amigos que é o Fluminense Sênior conduzido pelo grande amigo que o veterano nos deu, Joel. Parabéns Fluminense e que venham muitos anos mais.

Olaria foi a campo assim (se eu esquecer de alguém e perdoem): Matheus, Rud, Juliano, Gaucho e Zé, Jean, Valdecir, Sassá e Adélio, Valdemar e Ednaldo. Foram juntos com a equipe: Marcelo, Deni, Laguna, Billi, Leandro, Beto e Beto Paz.

Fecho!!

 

Att.: Valdecir Roling

6 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quinta, 5 de outubro de 2017

Bom jogo em Gaspar!

No sábado (23/09) Olaria foi a Gaspar rever os amigos da Equipe do Cruzeiro e como de costume realizar um belo jogo de futebol.

Em um primeiro tempo de muita supremacia Olariana, conseguimos impor bem nosso jogo e controlar os avanços por parte da equipe da casa. Tivemos algumas boas chances de gols perdidas por detalhes, até acontecer uma bela cobrança de escanteio do inspirado garçom do dia Sassá que bate na segunda trave aonde em alta velocidade (quase inacreditável) Adélio vem a um super salto de 2,6 cm de altura e cabeceia para as redes abrindo o placar do jogo.

Já na segunda etapa alterações realizadas dando folego novo ao grupo, Olaria se lançou ao ataque querendo liquidar logo a partida, refizemos a formação de ataque para assim também ter um maior poder ofensivo, o que de inicio deu bom resultado, Sassá recebe a bola que toca para Billi e este em um chute de fora da área (mais torto que a subida do rio do rastro) consegue deslocar o goleiro que nem foi ao canto certo para aparecer na foto, Cruzeiro 0 x 2 Olaria. Agora em jogada pela direita de seu ataque Cruzeiro chega à linha de fundo, bate cruzado para seu atacante na entrada da área que domina gira e acerta um belo chute tirando a bola do Goleirão Matheus diminuindo a diferença no placar. Faltaaa para Olaria, Sassa na bola... e se tem Sassa na bola a chance de gol é certa, em bela cobrança buscando um olariano que entrava na segunda trave o zagueirão tenta cortar mais acaba ajeitando melhor ainda a bola para outro olariano Deni que só tem o duro trabalho de cabecear encobrindo o goleiro que vinha saindo e assim fechar o Placar: Cruzeiro 1 x 3 Olaria.

Agradecemos ao Sr. Afonso, sempre muito atencioso com nossa equipe, assim como sua esposa que não perde um jogo dessa boa equipe, parabéns também aos atletas que nos ajudaram a ter um bom jogo. Depois do jogo aquela sempre deliciosa janta regada a cantoria gaiteiro e muitos cânticos de parabéns ao Sr. Afonso que iria festejar mais uma primavera, parabéns Sr. Afonso.

Olaria foi a campo assim: Matheus, Rud, Gaúcho, Jean e Zé, Valdecir, Beto paz, Sassá e Adélio, Negão e Valdemar. Ainda contribuíram bem ao jogo: Beto, Juliano, Deni, Marcelo e Billi.

Bom resto de semana a todos!!

Att.: Valdecir Roling

1 pessoa comentou. Leia e comente também!
Quinta, 21 de setembro de 2017

Derrota Agridoce!

Sábado (16), recebemos em Guabiruba a equipe do Riograndense. Foi um primeiro encontro, pelo menos sob minha gestão, mais de acordo com o super simpático Mizinho já ouve encontro em épocas anteriores e ainda este foi o primeiro pelo fato de que lá por meados do ano tivemos o jogo cancelado por conta das chuvas, nada que tenha dado problemas a ninguém, na verdade só nos fez esperar com otimismo esse “confronto”. E o jogo foi daqueles, ao estilo bobeou perdeu, já que vencemos a primeira etapa pelo placar de 2 x 0, e a segunda etapa veio o tal amargo ao sabor levamos 3 gols e com isso a virada no placar.

Na primeira etapa, com um domínio total de ataque, Olaria buscava o gol nos mais variados estilos de ofensividade, tabelas, infiltrações, triangulações, chutes de longa distancia (alguns destes pelo pé de pantufa), escanteios, cruzamentos, etc... até que finalmente conseguimos uma bela jogada pelo lado direito de nosso ataque a bola chega a Negão360º que pasmem todos..... ele dá uma bela assistência ao nosso queridíssimo Valdemar que tem o grande trabalho de empurrar a gorduchinha para as redes, felicidade geral pelo gol marcado, já que à algum tempo apesar do empenho Valdemar não marcava, merecedor total do gol parabéns Valdemar que venham ainda muitos outros.  E na bobeira de marcação (sempre ela), Riograndenses foram ao ataque invadindo a área, chute cruzado mão na bola penalidade apontada, camisa 10 pra bola correu bateu na traveeeeee, ufa salvos da bobeira. Vamo Olaria, novo ataque novamente pela direita bela jogada triangulada e de novo chega aos pés do inspirado Valdemar que bate no canto do goleiro e pahh gollll de Valdemar, sim o monstro voltou 2 gols no mesmo jogo...uuuoouuuuu... velhos tempos na memória em Valdemar...

Vamos agora a parte onde quem sorriu foi nossos amigos de Porto Belo, que em duas cobranças de escanteio marcaram dois gols, ambos foram batidos com maestria no centro da linha da pequena área, olarianos na marcação não subiram goleiro não saiu e ai foi só ver os atacantes pularem e meter o coco na bola empatando o jogo em 2 x 2 por volta dos 30 min. jogados da segunda etapa. Olaria ainda ia com força ao ataque dando sustos fortes aos defensores, foram alguns os gols perdidos, incluindo preciosismo para conclusão, bola na trave, furo na hora do chute, grande defesa do goleiro, não teve jeito nosso terceiro gol não saiu e com isso essa força no ataque, Riograndense em um dos muitos contra-ataques criados consegue ganhar na corrido dos marcadores que não fizeram a falta para matar a jogada, invadem a área batendo cruzado concretizando a virada dolorida (pelo menos para nós) Olaria 2 x 3 Riograndense.

Foi um belo jogo de futebol, ficamos com a garganta doendo pra engolir o sabor amargo dessa derrota, na verdade ainda machuca, mais vale ressaltar o empenho de jogo Olariano e  de nossos visitantes que perderam penalidade e mesmo depois de estar perdendo de 2 não se intimidaram e foram competitivos o jogo todo, duas equipes que fizeram um belo jogo.

Olarianos ao jogo: Matheus, Rud, Jean, Gauchinho e Zé, Valdecir, Betinho, Sassá e Raposo, Negão e Valdemar. Com participação mais que digna: Juliano, Beto, Laguna, Adélio, Theo e Marcelo.

Grande abraço a todos!!

Att.: Valdecir Roling

5 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quinta, 14 de setembro de 2017

Belo Jogo!! Olaria em estado de evolução!!

Neste sábado (09), recebemos em nossa casa a equipe do Itajaí-Açu de nosso amigo Vavá, que por infelicidade não pode estar presente no grande evento com a gente. De todo modo foi um belo jogo de futebol, e ainda seguiu a tradição de rolar muita reclamação de arbitragem...rsrsrsr.

 Vamos ao Jogo, olaria teve os primeiros minutos de jogo sob seu controle, tocava bem a bola até chegar ao setor ofensivo e por lá deixava a desejar, isso claro devo ressaltar inicio de jogo, ainda teve uma penalidade claríssima não marcada a nosso favor, onde Valdemar foi derrubado dentro da área e por pressão dos defensores o Juizão deu uma bela arregada e sinalizou que a falta foi fora da área. Ao avançar dos ponteiros do relógio nossos visitante passaram a ter uma certa melhora em campo e por conta disso foram fazendo o time olariano recuar, tornando um time mais defensivo do que ofensivo, o jogo chegou a se tornar um tal de ataque contra defesa, Itajaí-açu passou ter totais condições de fazer um placar bem elástico pois foram inúmeros os gols perdidos em seus ataques. Mais, na tocada do quem não faz toma, em falta quase do meio da cancha Beto Paz faz cobrança alçada para a área e na coisa do deixa pra mim que eu deixo pra você, a bola quica na pequena área e vai morrer nas redes do gol, dando assim vantagem aos olarianos no placar. Perto do fim da primeira etapa, a bola já retomada pela defesa olariana, nosso zagueirão foi dar um chutasso pra aliviar a pressão e acabou pegando mal na bola e assim ela se ofereceu aos atacantes que não tiveram pena da defesa por seu erro, foram na tabela e chegaram às redes empatando o jogo e finalizando a primeira parte do jogo.

 Já o segundo tempo teve mais dinamismo, olaria fez algumas alterações (bemmm poucas), assim como os amigos que nos visitaram, porem nossas mexidas deram um melhor resultado já nos primeiros minutos onde em bela cobrança de escanteio Theo acerta o “alvo” o novo integrante Olariano Marcelo consegue dominar e arrematar ao gol, que bela estreia de jogo heimmmm ooo jogado!! Seguindo a pegada de jogo novamente Theo o garçom do dia recebe a bola invade a área e visualiza Negão (isso é bem fácil) na pequena área e bate na medida, Negão recebe sozinho domina gira 360 graus e faz nosso terceiro gol. No momento do gol o pessoal de Itajaí reclamou muito com o juiz alegando posição de impedimento de nosso atacante, mais como toque pra traz não valida tal reclamação o gol foi confirmado, tentamos seguir o jogo mais o pessoal ficou meio revoltado alguns queriam ir embora até que outros com bom senso os convenceram a não saírem de campo. Jogo seguiu, mais sem vontade alguma dos mesmos que foram convencidos a não deixar o campo que deram chutão pra frente, Olaria recuperou a bola e se foi ao ataque, Sassa lança Valdecir que invade a área, dribla goleiro, dribla zagueiro, goleiro volta para tentar arrancar a perna de Valdecir que toca para negão que recebe domina, novamente giram 360 Graus (estamos estudando esse caso raro) e marca o fim do jogo, Olaria 4 x 1 Itajai-Açu.

 Lamentamos que supostamente o Juiz tenha causado desconforto ao pessoal que nos visitou, pois normalmente somos nós os prejudicados pela nossa própria arbitragem e fomos inclusive nesse jogo também com a penalidade não marcada, mais vida que segue é natural de quem está perdendo reclamar um pouco mais... já fizemos muito isso..rsrssr. mais repito não temos intensão de ver amigos virem de longe para jogar com a gente e saírem daqui de casa ofendidos.

 Parabéns Olarianos, mais um belo jogo de futebol, sempre sem maldade, sem faltas graves, sem discussões feias e claro parabéns pela evolução que transparece termos!!

Fomos a campo assim: Matheus, Rud, Gauchinho, Jean e Zé, Valdecir, Beto Paz, Sassá e Deni, Valdemar e Negão!

Ainda em campo: Marcelo, Theo, Raposo e Edemar.

 Obrigado a todos pela leitura e comentários no campo destinado a tal pós leitura!!

 

Att.: Valdecir Roling 

4 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quinta, 7 de setembro de 2017

Que Vitoria!

No ultimo sábado (02), Olarianos se dirigiram a cidade de Canelinha para realizar um belíssimo jogo de futebol, o belo se dá pela grande atuação do time de Guabiruba.

Ao pontapé inicial a posse de bola e domínio de jogo já se demonstrava estar ao lodo olariano que em todos os setores do campo eram muito bem administrada, da saída de bola com Matheus que guardava a meta com segurança a bola passava de pé em pé e sempre com perigo chegávamos ao gol adversário. Em jogada pela direita Sassá vai à linha de fundo, aplica um drible no marcador e ao entrar na área bate cruzado e rasteiro em direção ao canto oposto do gol, o goleirão não consegue chegar à bola e ai meus amigos a redonda cruzou a linha que define o gol.....Sassa sai para o abraço da galera e fazendo corações em direção ao banco de reservas que por lá estava sua amada! O jogo seguiu na mesma pegada, porem em bela jogada da turma do UNIVE o jovem camisa 10 dos mandantes que recebe a bola pela ponta direita do seu ataque domina sozinho a bola olha pro gol, ajeita a bola e manda um chutaço no canto da trave, um belíssimo gol. Pouco tempo depois ainda entorpecidos pelo gol sofrido olaria dá aquela dormida tradicional e ao não finalizar bem sua jogada de ataque acaba criando um bonito contra ataque para o UNIVE, seu atacante recebe sozinha parte em direção ao gol, mais ao tentar driblar o goleiro Matheus é surpreendido pela agilidade do goleirão que consegue tocar a bola, porem ainda sem tirar a posse do atacante, que volta a tentar novo drible agora sobre o zagueiro Jean e este consegue também dar leve toque na bola e ai ao tentar o chute o atacante perde o domínio da bola e com a chegada de Valdecir metendo a bota na bola pra longe, o atacante se esparrama no chão e ai como conhecemos bem o pequeno Juiz que acreditem, ainda estava do outro lado do campo marca penalidade, e ali instaura o caos (como sempre fez), capitão UNIVE vai pra bola e conclui a virada do placar. Com muita força de vontade de jogar e ganhar o jogo aos poucos os olarianos foram se acalmando e voltando a ter posse de jogo, ufa o premio a isso veio rápido, em pressão na saída de bola sobre os mandantes, o zagueiro tenta jogar a bola para seu goleiro mais por lá estava o mito Ednaldo9 que intercepta a jogada, domina olha, analisa e empurra a bola para as redes empatando o jogo e dando fim aos números do primeiro tempo.

Algumas mudanças na equipe olariana e jogo em nada muda, buscando a vitória ainda com mais vontade, pois a cada novo minuto o fim do jogo se aproximava, com posse de bola pela esquerda do ataque, Edemar estende a bola para Adélio que em um minúsculo espaço consegue tocar a bola pra Valdecir, este domina e avista Sassa na área e pahhh mete belo cruzamento em sua direção e ao susto de todos Billi surge rapidamente pelo meio da área e mete a cabeça na bola que chega ao chão já comemorando o belo gol. Jogo seguiu com forte aplicação e vontade das duas equipes, olaria criando melhores chances de gol e tomando alguns contra ataques e em um desses ao que recebe a bola o atacante UNIVE se prepara para o chute e é tocado por Valdecir que consegue manter a cina de 5 anos seguidos por Canelinha – ser expulso – mais deu tudo certo, a falta foi apenas de matar jogada sem machucar jogador, diferente de alguns dos mandantes que deram cotoveladas e bateram mais forte em alguns momentos do jogo e claro o pequeno notável do apito nunca via. Vitória Olariana: UNIVE 2 x 3 Olaria.

Agradecemos ao querido presidente e ao Ney que fazem uma luta louvável para ter e manter essa tradicional equipe, parabéns. Para o ano de 2018 não conseguimos marcar jogo, mais em algum novo momento vamos nos rever pelos campos da vida.

Olarianos, parabéns pela luta, jogo e vitória!

Fomos a campo assim: Matheus, Rud, Jean, Deni e Betinho, Valdecir, Leandro, Adélio e Sassa, Valdemar e Ednaldo. Com mesmo ímpeto foram a campo: Izais, Edemar Theo e Billi.

Abraço a todos!!

Att.: Valdecir Roling

5 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Terça, 29 de agosto de 2017

Jogão de bola!

No ultimo sábado (19), recebemos os amigos do SERCAMA, Quinho e companhia para realizar jogo marcado em cima da hora, jogo único tapando buraco do que seria um sábado sem futebol para ambos. O resultado e jogo não poderiam ser melhores, com placar de 4 x 4 todos saíram satisfeitos pelo que apresentaram  e conquistaram.

Ao apito do juizão, a bola rola (vai ser tenso lembrar-se de tudo que ocorreu), lembro que foi um jogo de muitas viradas o que deu uma boa emoção ao jogo. O primeiro gol, tinha de ser dele Adilson (segundo seu braço) Sassá monstro recebeu  na entrada da área pelo lado direito um belo cruzamento de Jean e com maestria dominou  a bola que caprichosamente se colocou a frente próximo a linha da pequena área para ser delicadamente chutada para as redes da equipe que nos visitou, um lindo gol. Sem nem ter tempo de comemorar, olaria dormiu de toca e ao chute de centro, SERCAMA sai tocando bola pela esquerda de seu ataque invade a área passando por todos os marcadores olarianos e o gol de empate acontece como se ninguém estivesse em campo. O primeiro tempo ficou nesse Olaria 1 x 1 porem as chances que se criavam eram inúmeras, olaria fazia a pressão de quem jogava em casa querendo a todo momento definir o jogo, a dupla de ataque Valdemar e Negão chegavam a todo momento a frente do gol porem o sucesso esbarava em detalhes e o bendito insistiu em não acontecer.

Já na segunda etapa a coisa desandou, Olarianos quase estragaram com o que estava para ser um grande jogo, dois atletas bateram boca ação e reação (algo que não se faz de forma alguma, haja vista que existem outros tantos em campo e fazendo parte da mesma equipe lutando pelo time) e no bobear da coisa SERCAMA sem dó foi pra cima e virou o placar com bela jogada de infiltração chegando ao gol sem chances de defesa para o grande Matheus. A fome de vitória dos visitantes não parou por ali, minutos depois agora atacando mais pela direita em jogada individual o magrão passa driblando meio time olariano e amplia para 2 a diferença de gols, Olaria 1 x 3 CERCAMA. Opa Olaria acordou pra vida e voltou a jogar, em e bonita jogada dele.... sempre ele Sassa pela esquerda invade a área e com maestria toca para Theo que livre perto da pequena área usa de uma tranquilidade irritante para dominar,  pensar, repensar,  olhar os marcadores, conferir a força do vento,  e só então guarda a redonda nas redes, olaria voltou ao jogo. Já com pressa de buscar a igualdade e criando boas chances de gol, agora em jogada pelo meio da área, Deni recebe na meia lua e ao virar para o arremate é tocado e como já estava dentro área é pennnnaaaaallllti, Sassa o nome do jogo pega a bola, pergunta pra este que vos relata se quer bater e claro não sou loco de tirar esse mérito respondo – vai lá e faz o gol – olaria empata o jogo.  Não ainda não acabou, agora é a vez dos Olarianos buscarem a virada, em falta da entrada da área Adélio cata a bola posiciona a bichinha olha a barreira, olha o goleiro, foca no canto das traves e parte para o chute eeee tá lá bola na rede uma bela cobrança sem chances de defesa. Infelizmente o tempo de jogo ainda estava correndo e SERCAMA queria gols e pela luta e entrega (claro os dois times fizeram isso), mais dessa vez a alegria do gol caiu para os amigos de BC e assim chegamos ao fim do jogo e dos muitos gols, Olaria 4 x 4 SERCAMA.

Parabéns a todos os envolvidos no jogo, juiz, visitantes, olarianos, cozinha, etc.

Olaria assim esteve em campo: Matheus, Rud, Juliano, Gaúcho e Zé, Jean, Leandro, Sassá e Adélio. Com o mesmo ímpeto ainda foram a campo: Laguna, Beto, Valdecir, Beto Paz, Theo e Deni.

Grande abraço!!

 

Att.: Valdecir Roling

1 pessoa comentou. Leia e comente também!
Terça, 15 de agosto de 2017

Jogo sem Tatu!

    Olá amigos, no sábado (05), fomos ao Balneário Camboriú realizar mais um daqueles jogos bons de ser jogados, pois além do futebol esta é uma equipe ao qual sempre temos o prazer de rever. Não falar que o resultado é o que menos importa, porque sim todos querem ganhar isso não se tem duvidas, a diferença está na condução do jogo onde em qualquer falta mais dura todos acabam se preocupando com o amigo que esta com o fardamento de cores diferentes.

   Vamos pro jogo (pelo menos no que lembro), já iniciamos ganhando pois no apito Tatu não se fazia presente..rsrsrs... o jogo foi mais cadenciado, diferente dos que vinham acontecendo, as duas equipes jogaram com mais calma, mais toque de bola buscando o gol por meio de bola tralhada e assim quem conseguiu se destacar mais nos toques por consequência criou mais pressão no inicio de jogo. O gol saiu e fugindo ao tal “trabalhar de bola” pois depois de bola cobrança de escanteio a bola foi ao encontro de nosso matador Negão, que ali na marca do penal conseguiu cabecear a gorduchinha direto para as redes e sair para o abraço da galera, um belíssimo gol, Negão criando quase uma média de 1 gol por partida ou isso já (os matemáticos estão analisando). União não se abateu e já logo partiu ao ataque, que depois de um excelente cruzamento da direita a bola iria de encontro a Thiago onde o goleirão Brian saltou pegou eeeee ops... soltou, sim soltou a bola nos pés de Thiago que ainda estava por ali e este teve o grande trabalho, cercado de muita dificuldade empurrar a bola para as redes e assim deixar o jogo em igualdade novamente. Os Mandantes passaram a gostar mais do jogo e se lançavam com mais ímpeto ao ataque, onde também deixavam mais exposta sua meta e olaria usava bem esse espaço chegando algumas vezes ao gol Bandeirante, mais pelos caprichos comuns aos olarianos, que é afobar-se para concluir perdendo chances melhores de matar o gol. Em lance duvidoso dentro da área olariana a bola bate na mão de do defensor juizão ve intenção no toque e marca penalidade, por sorte olariana Thiagão é nosso, Thiago vai pra batida  cheio de moral faz paradinha mais ao ver gigante goleiro olariano tenta tirar ao máximo e com isso acaba chutando pra fora. Quase ao fim do primeiro tempo, sim ainda estamos nele, novo lance de pênalti porem agora em favor dos visitantes e este sem nenhuma duvida Ednaldo é derrubado, Adélio se apresenta pra batida e ai.... goooo – não pera – defendeu, sim goleirão pulou certo no canto e catou a bola, mantendo assim a primeira etapa em 1 x 1, quase ia perdendo de comentar outro lance em que Adélio acabou perdendo outro que seria um lindo gol, Sassa havia cruzado da esquerda bolinha rasteira, Laguna vaza a bola em lindo corta luz e a bichinha chega até ele que domina ajeita espera o goleiro deitar olha pro outro canto já sem o goleiro e bate, meeee a bola vai pra fora, um pecado por toda a joga construída até o chute final.

   Vamos para o segundo tempo, jogo deu uma amornada por parte olariana dando mais abertura para os ataques da equipe da casa e ali de formas estranhas Brian fazia umas defesas meio bizarras rsrsr ... digo bizarras porque já vi ele nos seus bons tempos. Olaria no ataque pouco criou chegou algumas vezes mais sem muito susto para os goleiros que passavam pela defesa de meta Bandeirante, quando tudo já estará caminhando para um resultado que não derrota olaria, coisa já comum nos últimos anos, Rode sempre ele, consegue um belo chute de fora da área, a bola passa por entre dois marcadores, no meio das pernas de outro sofrendo um pequeno desvio e assim matando o goleiro, União Bandeirante 2 x 1 Olaria, fim de jogo.

   Agradeço ao Thiago e toda a turma, o professor sempre atencioso e receptivo a todos nós, dizer que foi um jogo que quase não aconteceu por falta de contingente, mais que no fim tudo se acertou. Agradecer a janta que segundo Valdecir não era nem pra ter..rsrsr... mais acho que vamos a partir de agora dizer sempre que não vai ficar ninguém, pois ai rola aquele churras topzera....muito bom mesmo, valeu Pessoal.

   Olaria foi a campo assim: Brian, Rud, Juliano, Gauchinho, e Zé, Leandro, Jean, Sassa e Adélio, Valdemar e Ednaldo. Ainda foram a campo: Isaias, Beto, Laguna e Valdecir.

   Boa semana a todos!!

    Att.: Valdecir Roling

6 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quinta, 3 de agosto de 2017

Alegria, Alegria!

Olaria recebeu neste ultimo sábado (29) a equipe de Canelinha UNIVE, na intensão de vencer um jogo após um tempinho já sem fazer tal façanha. O jogo deu um trabalho ao Juiz da partida que teve de ouvir muitas e muitas reclamações e de ambos os lados, também pudera fez por merecer, cometeu alguns erros bobos.

Ao apito inicial a correria começou, passes errados então nem se fala, pois foram zilhões, coisa feia de se ver, era um tal de errar toque de 1,30 mt que se alguém veio ver o jogo e ficou até o final isso pode ter sido possível se a cerveja do ecônomo estava bem gelada, acredite. Olaria partiu para o ataque, daquele jeito, criou muitas jogadas e por todos os flancos do campo Valdemar e Negão recebiam boas bolas com uma constância que impressionava, porem sem inspiração acabavam perdendo a bola em suas próprias pernas, mais isso tinha de acabar e por volta de 15 min. jogados, Valdemar recebe mais um bom passe invade a área e na batida ao gol o goleiro consegue afastar, ao que a bola vai aos pés de negão e este com uma calma angustiante domina, ameaça o chute o goleiro cai e pra assustar mais ainda os olarianos que aflitos aguardavam o gol, o danado ainda dá mais um corte agora no zagueiro para só então depois de passados exaustos 6 segundos marcar o gol e correr pro abraço. Pouco tempo depois, olaria tem saída de bola em tiro de meta e de pé em pé passando por Rud, Valdecir, Rud, Sassá que sai apostando corrida com o marcador chega a linha de fundo pelo canto direito da grande área bate forte rasteiro passando a bola por entre o goleiro e a trave e ai Valdemar chega nervoso para fazer o gol mais difícil de sua vida, a bola bate na chuteira e via morrer no fundo das redes.... uuuooouuuu já estamos em 2 x 0 e não podemos deixar de mencionar os passes errados, pois eles continuam e com mais força ainda. Nova jogada pela esquerda, Valdemar agora dribla o marcador, e avista Negão na outra ponta da pequena área ai meu amigo é acertar o passe esperar o gol e sair pra alegria, Negão volta a artilharia do Olaria ao fazer seu segundo gol no jogo, Olaria 3 x 0 e dai pra frente até o fim do primeiro tempo foi só administrar os passes errados, os gritos com o juiz, os entreves verbais entre alguns jogadores (já mais seria eu um destes).

Vamos ao segundo tempo, poucas as alterações das duas equipes, mais o jogo continuou igual, erros de passes, gols perdidos por parte Olariana, juiz ouvindo protestos, etc, etc, etc., Pra dar uma “animada” no jogo em um lançamento por parte da equipe do UNIVE o atacante impedido dentro da área uns 63 mts recebe a bola e ao dominar ainda finge ser tocado pelo marcador, se joga no chão e o Juiz assinala a marca da cal, que é batido e convertido, diminuindo assim o placar Jogo seguiu, o sol foi sumindo as reclamações aumentando, olarianos jogando com medo de tomar a virada, apesar de estar ainda com dois gols a frente e mantendo total controle do jogo e foi isso, sem mais delongas Olaria 3 x 1 UNIVE.

Jogo da volta já esta marcado e é já no inicio de setembro, estou refletindo se vou pra lá pois meu histórico por lá é tem tradição, a alguns anos saiu do jogo por forças de quem não sabe usar o apito muito bem.

Grande jogo medrosos olarianos, sim voltamos a vencer, mais mais que isso, podemos nos rever contar umas mentiras e rir delas, escutar o Zé roco depois do jogo,..rsrsr... Parabéns a todos, é um prazer rever a vocês todos os sábados (não sei até quando), mais sempre é um prazer... e ainda sentir falta de outros que não puderam estar com a gente nesse dia.

Olaria foi a campo assim: Renê (quebrou um bom galho e foi muito bem), Rud, Juliano, Jean e Zé, Valdecir, Leandro, Sassá e Adélio, Valdemar e Negão – somando-se ao grupo Isaias, Raposo e Deni também foram a campo.

Grande abraço a todos!

Att.:: Valdecir Roling

5 pessoas comentaram. Leia e comente também!
www.futebolveterano.com.br | contato@futebolveterano.com.br