OLARIA GUABIRUBA-SC

Blog
Terça, 15 de agosto de 2017

Jogo sem Tatu!

    Olá amigos, no sábado (05), fomos ao Balneário Camboriú realizar mais um daqueles jogos bons de ser jogados, pois além do futebol esta é uma equipe ao qual sempre temos o prazer de rever. Não falar que o resultado é o que menos importa, porque sim todos querem ganhar isso não se tem duvidas, a diferença está na condução do jogo onde em qualquer falta mais dura todos acabam se preocupando com o amigo que esta com o fardamento de cores diferentes.

   Vamos pro jogo (pelo menos no que lembro), já iniciamos ganhando pois no apito Tatu não se fazia presente..rsrsrs... o jogo foi mais cadenciado, diferente dos que vinham acontecendo, as duas equipes jogaram com mais calma, mais toque de bola buscando o gol por meio de bola tralhada e assim quem conseguiu se destacar mais nos toques por consequência criou mais pressão no inicio de jogo. O gol saiu e fugindo ao tal “trabalhar de bola” pois depois de bola cobrança de escanteio a bola foi ao encontro de nosso matador Negão, que ali na marca do penal conseguiu cabecear a gorduchinha direto para as redes e sair para o abraço da galera, um belíssimo gol, Negão criando quase uma média de 1 gol por partida ou isso já (os matemáticos estão analisando). União não se abateu e já logo partiu ao ataque, que depois de um excelente cruzamento da direita a bola iria de encontro a Thiago onde o goleirão Brian saltou pegou eeeee ops... soltou, sim soltou a bola nos pés de Thiago que ainda estava por ali e este teve o grande trabalho, cercado de muita dificuldade empurrar a bola para as redes e assim deixar o jogo em igualdade novamente. Os Mandantes passaram a gostar mais do jogo e se lançavam com mais ímpeto ao ataque, onde também deixavam mais exposta sua meta e olaria usava bem esse espaço chegando algumas vezes ao gol Bandeirante, mais pelos caprichos comuns aos olarianos, que é afobar-se para concluir perdendo chances melhores de matar o gol. Em lance duvidoso dentro da área olariana a bola bate na mão de do defensor juizão ve intenção no toque e marca penalidade, por sorte olariana Thiagão é nosso, Thiago vai pra batida  cheio de moral faz paradinha mais ao ver gigante goleiro olariano tenta tirar ao máximo e com isso acaba chutando pra fora. Quase ao fim do primeiro tempo, sim ainda estamos nele, novo lance de pênalti porem agora em favor dos visitantes e este sem nenhuma duvida Ednaldo é derrubado, Adélio se apresenta pra batida e ai.... goooo – não pera – defendeu, sim goleirão pulou certo no canto e catou a bola, mantendo assim a primeira etapa em 1 x 1, quase ia perdendo de comentar outro lance em que Adélio acabou perdendo outro que seria um lindo gol, Sassa havia cruzado da esquerda bolinha rasteira, Laguna vaza a bola em lindo corta luz e a bichinha chega até ele que domina ajeita espera o goleiro deitar olha pro outro canto já sem o goleiro e bate, meeee a bola vai pra fora, um pecado por toda a joga construída até o chute final.

   Vamos para o segundo tempo, jogo deu uma amornada por parte olariana dando mais abertura para os ataques da equipe da casa e ali de formas estranhas Brian fazia umas defesas meio bizarras rsrsr ... digo bizarras porque já vi ele nos seus bons tempos. Olaria no ataque pouco criou chegou algumas vezes mais sem muito susto para os goleiros que passavam pela defesa de meta Bandeirante, quando tudo já estará caminhando para um resultado que não derrota olaria, coisa já comum nos últimos anos, Rode sempre ele, consegue um belo chute de fora da área, a bola passa por entre dois marcadores, no meio das pernas de outro sofrendo um pequeno desvio e assim matando o goleiro, União Bandeirante 2 x 1 Olaria, fim de jogo.

   Agradeço ao Thiago e toda a turma, o professor sempre atencioso e receptivo a todos nós, dizer que foi um jogo que quase não aconteceu por falta de contingente, mais que no fim tudo se acertou. Agradecer a janta que segundo Valdecir não era nem pra ter..rsrsr... mais acho que vamos a partir de agora dizer sempre que não vai ficar ninguém, pois ai rola aquele churras topzera....muito bom mesmo, valeu Pessoal.

   Olaria foi a campo assim: Brian, Rud, Juliano, Gauchinho, e Zé, Leandro, Jean, Sassa e Adélio, Valdemar e Ednaldo. Ainda foram a campo: Isaias, Beto, Laguna e Valdecir.

   Boa semana a todos!!

    Att.: Valdecir Roling

6 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quinta, 3 de agosto de 2017

Alegria, Alegria!

Olaria recebeu neste ultimo sábado (29) a equipe de Canelinha UNIVE, na intensão de vencer um jogo após um tempinho já sem fazer tal façanha. O jogo deu um trabalho ao Juiz da partida que teve de ouvir muitas e muitas reclamações e de ambos os lados, também pudera fez por merecer, cometeu alguns erros bobos.

Ao apito inicial a correria começou, passes errados então nem se fala, pois foram zilhões, coisa feia de se ver, era um tal de errar toque de 1,30 mt que se alguém veio ver o jogo e ficou até o final isso pode ter sido possível se a cerveja do ecônomo estava bem gelada, acredite. Olaria partiu para o ataque, daquele jeito, criou muitas jogadas e por todos os flancos do campo Valdemar e Negão recebiam boas bolas com uma constância que impressionava, porem sem inspiração acabavam perdendo a bola em suas próprias pernas, mais isso tinha de acabar e por volta de 15 min. jogados, Valdemar recebe mais um bom passe invade a área e na batida ao gol o goleiro consegue afastar, ao que a bola vai aos pés de negão e este com uma calma angustiante domina, ameaça o chute o goleiro cai e pra assustar mais ainda os olarianos que aflitos aguardavam o gol, o danado ainda dá mais um corte agora no zagueiro para só então depois de passados exaustos 6 segundos marcar o gol e correr pro abraço. Pouco tempo depois, olaria tem saída de bola em tiro de meta e de pé em pé passando por Rud, Valdecir, Rud, Sassá que sai apostando corrida com o marcador chega a linha de fundo pelo canto direito da grande área bate forte rasteiro passando a bola por entre o goleiro e a trave e ai Valdemar chega nervoso para fazer o gol mais difícil de sua vida, a bola bate na chuteira e via morrer no fundo das redes.... uuuooouuuu já estamos em 2 x 0 e não podemos deixar de mencionar os passes errados, pois eles continuam e com mais força ainda. Nova jogada pela esquerda, Valdemar agora dribla o marcador, e avista Negão na outra ponta da pequena área ai meu amigo é acertar o passe esperar o gol e sair pra alegria, Negão volta a artilharia do Olaria ao fazer seu segundo gol no jogo, Olaria 3 x 0 e dai pra frente até o fim do primeiro tempo foi só administrar os passes errados, os gritos com o juiz, os entreves verbais entre alguns jogadores (já mais seria eu um destes).

Vamos ao segundo tempo, poucas as alterações das duas equipes, mais o jogo continuou igual, erros de passes, gols perdidos por parte Olariana, juiz ouvindo protestos, etc, etc, etc., Pra dar uma “animada” no jogo em um lançamento por parte da equipe do UNIVE o atacante impedido dentro da área uns 63 mts recebe a bola e ao dominar ainda finge ser tocado pelo marcador, se joga no chão e o Juiz assinala a marca da cal, que é batido e convertido, diminuindo assim o placar Jogo seguiu, o sol foi sumindo as reclamações aumentando, olarianos jogando com medo de tomar a virada, apesar de estar ainda com dois gols a frente e mantendo total controle do jogo e foi isso, sem mais delongas Olaria 3 x 1 UNIVE.

Jogo da volta já esta marcado e é já no inicio de setembro, estou refletindo se vou pra lá pois meu histórico por lá é tem tradição, a alguns anos saiu do jogo por forças de quem não sabe usar o apito muito bem.

Grande jogo medrosos olarianos, sim voltamos a vencer, mais mais que isso, podemos nos rever contar umas mentiras e rir delas, escutar o Zé roco depois do jogo,..rsrsr... Parabéns a todos, é um prazer rever a vocês todos os sábados (não sei até quando), mais sempre é um prazer... e ainda sentir falta de outros que não puderam estar com a gente nesse dia.

Olaria foi a campo assim: Renê (quebrou um bom galho e foi muito bem), Rud, Juliano, Jean e Zé, Valdecir, Leandro, Sassá e Adélio, Valdemar e Negão – somando-se ao grupo Isaias, Raposo e Deni também foram a campo.

Grande abraço a todos!

Att.:: Valdecir Roling

5 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Terça, 25 de julho de 2017

O Infeliz Resultado

Neste Sábado (22) fomos a Balneário Camboriú realizar confronto já de jogo da volta com a equipe do grande amigo Denys o Ponte Pênsil. O jogo novamente foi muito bom e bem jogado, com um triste 3 x 2 em nosso desfavor. Resultado muito lamentado haja vista que havíamos buscado um 2 x 2 depois de estar perdendo de 2 x 0.

O jogo começou praticamente, com 1 gol de vantagem para os anfitriões, pois em um lance de cruzamento vindo da esquerda, a bola passou por quase toda a extensão da grande área olariana onde os dois primeiros marcadores não conseguiram afastar e a bola e por infelicidade do ultimo marcador que já ia saindo da área tem a bendita se chocando com seu braço, e ai claro juizão viu e não teve duvidas apontou a cal, que foi batido e convertido. Olaria teve pequena queda de rendimento, mais aos poucos foi tomando conta do jogo, criando inúmeras chances de gols, eram escanteios, segundas bola, cruzamentos, infiltrações de área, sim muitas chances e a bola apenas insistia em não entrar, talvez por falta de capricho olariano e ou por algumas boas defesas do goleiro. Ponte Pênsil teve algumas chances também mais sempre parava na excelente atuação de Matheus que barrava todas tentativas de ampliar o placar, que ficou nisso fim do primeiro tempo Ponte 1 x 0 Olaria.

Olaria com poucos suplentes fez as duas alterações que eram possíveis e se lançou ao ataque, continuava criando boas oportunidades de gol e quando sofria ataques tinha a segurança da grande atuação de Matheus (que à tempos vem fazendo grandes trabalhos). Mais o baldinho de água fria sempre esta por perto e em uma saída de bola, por conta do campo seco a bola quica mais alto que o esperado e o zagueirão Zé não alcança a bola para o chute, que acaba sobrando para o atante adversário que chega com rapidez a meta e bate cruzado sem chances de defesa, placar se expande chegando a 2 de vantagem para os mandantes. Olarianos muito a fim do jogo, pois como dito, comandavam a bola e éramos parados com faltas sempre no entorno da área e ali pelo lado direito do ataque Sassa bate a falta lançando Laguna a linha de fundo que bate cruzado e lá dentro da pequena área Valdecir aproveita o cruzamento metendo de cabeça para as redes a gorduchinha. Minutos depois em bola já em posse do goleiro da casa, que iria sair chutando a bola.... era o que todos imaginavam..... rapaz tem momento de loucura e chuta de forma grosseira (agride) nosso jogador, e isso é falta e dentro da área é pênalti e se é pênalti Adélio bate e se Adélio bate, é gol, Olaria empata a partida em 2 x 2. Já nos encaminhávamos para o fim do jogo, quando em falta simples próximo a área o rapaz do apito e faixa na mão resolver dar cartão vermelho para Adélio, olaria ficou sem condições de repor atleta pois perdera um por contusão e outro por ter sido excluso do jogo e assim fomos a luta com um a menos e no restinho de água que ainda havia no balde um lance que de novo o juiz não viu, por coincidência em favor do time da casa o atacante usa a mão para dominar a bola, e na sequencia acaba sendo derrubado (por infelicidade deslocou o ombro e por levado ao Hospital), e como o fato aconteceu dentro da área é pênalti que batido passou por debaixo das travas da chuteira do Goleirão Matheus, fim do Jogo Ponte Pênsil 3 x 2 Olaria.

Foi um jogo bem pegado, porem sem faltas maldosas, exceto a do goleiro, onde talvez o placar mais justo seria uma vitória Olariano dado o empenho em buscar o resultado e ou o empate, mais é isso futebol tem dessas artes e veteranos ainda mais.

Parabéns aos 13 atletas que foram ao jogo se doando e extenuando pela camisa que vestiam!

Fomos a campo assim: Matheus, Rud, Deni, Zé e Beto, Valdecir, Sassa, Adélio e Laguna, Valdemar e Ednaldo, - Beto Paz e Théo

Grande abraço a todos!!     Ótima semana!

   Att.: Valdecir Roling

5 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quarta, 12 de julho de 2017

Sob as Lentes!

Neste sábado (08), Olaria recebeu em seus domínios a grande equipe de futebol veterano, Vila Real Sênior de Balneário Camboriú, e o jogo ainda foi marcado pela presença ilustre e seus trabalhos de filmagem, Pereira do site www.futebol.veterano.com.br. Não poderia existir placar melhor do que o empate em 2 x 2 para coroar as filmagens e o trabalho de bola bem executado entre essas duas equipes.

Em um dia de céu encoberto (por sorte), a partido deu inicio por volta de 15:30 hs, e do primeiro toque na bola ao ultimo as duas equipes não tiveram descanso, Pereira teve trabalho em correr as lentes procurando a bola, hora em um ataque, e de pronto em contra ataque em seguida já do outro lado do campo. Um belo jogo de futebol que a tempos não tínhamos e quem esteve por lá certamente gostou de ter assistido e claro quem participou teve mais a se alegrar.

Jogas boas de todos os lados do campo e por parte das duas equipes, no inicio Olaria queria se impor mostrar que em casa quem manda é quem tem a chave da porta, criamos boas chances de gol, atacando com Ednaldo e Valdemar e ainda em outros momentos com boas chegas pelo meio com Sassá e Raposo, este até cansar... e como cansa rápido..rsrsrsr..... e naquela de quem não faz toma, em uma falta no ataque esquerdo do Vila a bola é batida cruzada na entrada da pequena área onde por erro de posicionamento olariano e oportunismo do craque da camisa 5 e capitão Dauri, Vila sai pro abraço e comemora seu gol que abriu o placar. E como 0 x 1 por muito tempo seria castigo diante do bom jogo que vinha acontecendo, pouco tempo depois em cobrança de falta quase do meio de campo do lado esquerdo do ataque olariano, Sassá também de falta bate cruzado na segunda trave o goleirão não consegui tirar a bola que bate na trave e volta na sua direção e no susto espalma a bola para trás onde está Valdecir em posição legal, e sozinho tem a difícil tarefa de colocar a bola pras redes, que feliz da vida pelo seu segundo jogo no ano sai comemorando com a galera olariana, fazendo coraçãozinho pras lentes da câmera do Pereira, opa mais pera ai... a câmera estava desligada nada de gol e nem de comemoração foi filmado, e agora??? Explica pra patroa que o coração era pra ela lá na câmera ....rsrsrsr me ferrou heim Pereira rsrsrsr..... dá nada negócio é bola na rede. Olaria 1 x 1 Vila Real Sênior e fim do primeiro tempo.

A correria não para e já começa o segundo tempo e de novo no folego ofegante, dado o empenho que ambos os times impunham a partida (ninguém queria fazer feio na filmagem) teve atleta olariano querendo jogar na lateral pra ficar mais perto do Pereira, acreditem...rsrsrrsrs. Vila Real, no inicio da segunda etapa foi mais forte em bosta da desigualdade do placar, criou algumas boas jogadas que só não balançaram as redes por conta das grandes e plásticas devesas de Matheus. Porem Matheus não conseguiu tirar todas e em uma dessas boas jogadas Vila atacou pela direita, seu lateral fez um belo cruzamento, Matheus sai e tenta espalmar a bola que acaba caindo nos pés novamente dele Dauri que domina e de forma muito inteligente bate de chapa colocando a bola por cima de dois jogadores olarianos, ainda um outro se joga tentando tirar com as mãos mais de nada adiantou, Vila de novo na frente e de novo com seu capitá Dauri. Vamos falar do Olaria..rsrsr... que não parou de jogar, não se abateu, não começou a brigar um com o outro, e sim foi em busca do resultado, lutou criou, cruzou  e só por detalhes e um pouco de capricho, não empatou e passou no placar já nos minutos seguintes, Theo, Deni, Sassa, Laguna, Jean tiveram boas chances, mais foi de falta na entrada da área que Sassá, foi pra cobrança e quase que como se tivesse colocado com as mãos, a bola foi bater na bochecha da rede pra alegria olariana o empate saiu.

Grande jogo, na Guabiruba, um placar justo pelo que foi criado, uma bela arbitragem sim.... estamos até falando bem do Juiz que fez tudo certinho segurando o jogo nos momentos certos e deixando seguir em outros para bens a todos.

Vila Real, organizado pela Dauri e comandado pelo professor Branco, veio e fez uma bela apresentação o que contribuiu para a também bonita apresentação do time da casa. Claro que queríamos a vitória, sim estamos sedentos atrás dela, mais diante da esdruxula apresentação do sábado anterior esse empate com um bom jogo já está valendo como um ótimo resultado.

Olarianos foram a campo assim: Matheus, Rud, Jean, Juliano e Zé, Valdecir, Leandro, Sassá e Raposo, Ednaldo e Valdemar. Ainda empenhados da mesma forma foram a campo: Beto, Isaias, Gauchinho, Theo, Laguna e Deni.

Agradecido a todos pelo jogo e empenho, desejos de boa semana!!

 

Att.: Valdecir Roling

2 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Sexta, 7 de julho de 2017

Sem vontade!!

Olá queridos boleiros e leitores, neste ultimo sábado (01), fomos a cidade de Ilhota conhecer e também jogar uma bolinha com essa turma amistosa.

O jogo em si não foi nada bom pra um dos lados, os visitantes, que tomaram um coro, ou melhor, tomamos. Placar do jogo CEPEL 6 x 2 Olaria, no formato 3 vira 6 acaba.

Em um primeiro tempo apagadíssimo e com muita, muita, muita discussão do tipo a culpa não é minha foi sua, os olarianos pouco fizeram em campo apenas correram atrás da bola, demos alguns chutes ao gol é bem verdade, e ai descobrimos que o CEPEL tem um excelente goleiro, o danado do rapaz era um paredão e nada passava. CEPEL em três jogadas de ataque contra a frágil equipe olariana meteu 3 gols.

Já na segunda etapa, olaria jogou por 10 min. e isso na verdade valeu para o tempo total de jogo. O que foi suficiente para ir ao ataque e conseguir vencer as boas defesas do time da casa, a primeira delas foi em cobrança de pênalti convertido por Adélio e  a segunda por um belo chute de fora da área pelo inesgotável  Laguna, um golaço no cantinho da coruja. Porem, por obrigação de se lançar ao ataque olaria ficou mais esposto ainda e assim em jogadas de contra ataque CEPEL foi as redes mais 3 vezes, finalizando o placar e jogo.

CEPEL, uma boa equipe que conhecemos e esperamos recebe-los a altura no jogo de volta.

Olaria foi a campo assim: Dedão, Beto, Juliano, Jean, e Beto Paz, Valdecir, Leandro, Sassá e Adélio, Valdemar e Theo. Colaboraram ainda: Raposo, Laguna, Rud e  Ednaldo.

Grande abraço a todos!!! E amanhã tem mais... Olaria x Vila Real, expectativa de um grande jogo!!

 

Att.: Valdecir Roling

1 pessoa comentou. Leia e comente também!
Segunda, 19 de junho de 2017

Voltando ao caminha das vitórias!

Olá Amigos da bola e da vida! Neste ultimo sábado (17), recebemos em nossos domínios a visita já em jogo de volta a equipe do  E. C. Operário da cidade de Itajaí. No jogo de ida, nosso primeiro do ano havíamos empatado em 2 x 2 e agora jogando em casa conquistamos uma bela vitória com o placar de Olaria 3 x 2 Operário.

Por incrível que pareça a equipe da casa parecia ser a visitante, pois estava com um elenco volumoso, diferente da do Olaria que estava apenas com 2 suplentes, claro questões particulares de cada um do que faltaram justificam suas ausências e também ter grupo grande é justamente para suprir giro de jogadores.

E a bola rola ao chute inicial do Operário, onde já do inicio de jogo Olaria toma conta da bola trabalhando bem e fazendo a redonda correr e deixar que nossos visitantes corressem atrás dela em marcação ao toque de bola Olariano. Já no inicio boas jogadas de infiltração à defesa visitante aconteciam, hora Valdemar, hora, Theo e ainda Sassa e Adélio assustavam a defesa. Jean jogando como volante começou a ter destaque em suas arrancadas e em boa jogada invade a área dribla o marcador e é derrubado por outro, juizão que por receio de marcar ou mau posicionamento nada marca. Olaria por habito fica nervoso com erros de juízes e se dispersa em campo, o suficiente para que o Operário cresça e com espaço pelo lado esquerdo de seu ataque o avante emenda um belo chute no canto esquerdo do goleirão Matheus que no rebote é surpreendido com a chegada solitária do jogador Operário abrindo o placar. Olaria acorda e vai pro jogo, minutos depois em nova jogada de Jean dentro da área novamente é derrubado e agora com placar em nosso desfavor Juizão marca e em ótima batida no estilo bola pra um lago goleiro para o outro Adélio iguala o placar. Olaria vira pressão em campo acatando por todos os lados e várias formar – laterais, escanteios, bolas alçadas, infiltrações pelo miolo de zaga - só não saia o gol. Já nos segundo finais de jogo Deni que entrou em campo por volta dos 30 min, depois de cobrança de escanteio de Sassa empurra para as redes dando fim ao primeiro tempo de jogo com placar em favor Olariano.

Ao segundo tempo de jogo, Olaria mantem o empenho em ampliar o placar, busca com intensidade o gol mais a bola insiste em não entrar, e ainda surge um gigante balde de agua fria, onde  dentro da área Jean marca duro e comete a falta e falta dentro da área é pênalti meus amigos que é batido e convertido, placar em igualdade novamente. Olaria continuou acertando quase que todos os seus cruzamentos a área tendo por pecado as finalizações de quem recebia a bola, um exemplo triste disso fica por conta deste que vôs relata os fatos, que ao receber cruzamento milimétrico de Theo, fica sozinho na pequena área e falha ao tentar o gol INACREDITÉVEL, certamente motivo de risos por alguns dias. Passando já dos 30 min. jogados, Sassa conduz a bola pela direita mete um CHUTAMENTO pra área e Theo de nuca, costas, Orelha desvia pro gol colocando Olaria em vantagem de placar e finalizando o resultado de jogo.

Cabe sem duvidas um salve pra galera da cozinha que meteu de janta uma fabulosa feijoada que no friozinho que tínhamos ao anoitecer de sábado caiu como uma luva, excelente.

Parabéns Olarianos que mais uma vez jogaram muito bem, assim como nas duas partidas anteriores porem diferente delas este jogo saímos vitoriosos.

Fomos ao embate assim: Matheus, Beto, Gauchinho, Juliano e Zé, Valdecir, Jean, Sassa e Adélio, Theo e Valdemar. Tivemos também a a participação do Estreante Deni e da reestreia de Isaias.

Obrigado a todos, Boa semana!!

Att.: Valdecir Roling

5 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quinta, 15 de junho de 2017

A Sina Continua!

Neste último sábado (10), Olaria foi a Porto Belo realizar mais um belo jogo de futebol veterano. Jogo este que foi possível graças ao empenho do grande Joel, pois pelas bandas de BC os jogos foram cancelados e ai veio o empenho desse amigo que o vetéras nos deu, parabéns Joel!!

E vamos ao jogo, campo bem do ruinzinho e de péssima iluminação (jogo noturno), mais como o mal é para os dois times, aí desculpas não cabem. Olaria partiu ao ataque, controlando a marcação já na saída de bola do fluminense e assim beliscando boas oportunidades de marcar gols. Resultado apareceu logo, com muita pressão de ataque e insistências de chutes de Valdemar a bola sobra para Raposo que tem apenas o trabalho de empurrar para o gol.  Com o resultado positivo Olaria recuou um pouco e mesmo assim deu condições de contra taque aos anfitriões e em joga pela entrada da área Tatu, sempre ele inventa uma penalidade onde o bom atacante do Fluminense fez bela cavada e o Tatu sempre sem nenhuma intensão de maldade assinala a cal, que foi batido e convertido. Depois com o time olariano desestabilizado e mais preocupada com ações do Tatu (para quem não sabe ele é o juiz), Fluminense seguiu ao ataque e em um rebote dentro da área um belo chute sai do meio da multidão onde a gorduchinha vai dormir lá nas redes, dando ali fim aos gols da primeira etapa Fluminense 2 x 1 Olaria

Segundo tempo inicia, e ainda com ele o mega ultra frio se intensificava, poucos suplentes no banco do Olaria – coisa que tá virando rotina – Olaria pouco criou em campo e com isso Fluminense se aproveito da fragilidade de nosso desempenho em campo, Sassa em lance de desatenção recua mal a bola e a danada foi para os pés do pessoal tricolor de BC que não se fez de rogado e foi as redes ampliando o placar e passaram a controlar o jogo até os 30 min. Olaria em lampejos de boas jogadas, consegue criar uma boa triangulação pelo lado esquerdo de ataque invadindo a área e deixando a bola de bandeja para Valdemar escolher o canto e diminuir o placar. No fim da partida já passando dos 40 min. quando ainda o Olaria buscava crente mais um gol que seria o empate, vem o grande balde de agua fria, lance de contra taque e fluminense fecha a conta e passa a régua, Fluminense 4 x 2 Olaria.

Grande Joel, obrigado pelo empenho em buscar um campo para o jogo, ficamos gratos por isso.

Olaria foi ao jogo assim: Matheus, Rud, Juliano, Jean e Zé, Valdecir, Sassa, Adélio e Raposo, Theo e Valdemar. Entraram na luta de jogo em mesma proporção de emprenho: Beto e Laguna.

Neste sábado vamos receber a turma do Operário, já em jogo de volta.

Grande abraço a todos!!

Att.: Valdecir Roling  

1 pessoa comentou. Leia e comente também!
Quinta, 8 de junho de 2017

Grande Reencontro!

No ultimo sábado (03) Olaria foi a Blumenau rever o pessoal da grande equipe do Alvorada, equipe que a mais de 8 anos olaria não realizava amistoso veterano. Por lá encontramos Dida que é um dos lideres e organizadores da equipe, e vale o destaque ao trabalho e preocupação que o mesmo dá a todos os detalhes que vão de dias antes ao jogo ao pós jogo coroado com uma bela recepção.

 Os louros da vitória foram concedidos a equipe anfitriã, que pode contar com um grande elenco a serviço de seu técnico, ao contrário do Olaria que foi para o jogo com apenas 2 suplentes e isso teve o peso da derrota. Na primeira etapa com bom posicionamento e toque de bola, olarianos dominaram o jogo tinham controle em todos os setores do campo, Matheus novamente tendo grande atuação em lindas e plásticas defesas, Jean - acho que misturaram maconha na droga dele – nunca vi falar tanto, mais o resultado foi bom fez um belo jogo, Zé – jogou improvisado – achamos a posição de jogo teve uma atuação consistente, manchada por um gol meio que contra, restante da equipe jogou de forma já mais comum a jogos anteriores. Como mencionado, o bom toque de bola e domínio de jogo deu ao Olaria serenidade excessiva, pois tivemos duas ou três boas oportunidades antes dos 15 min. De jogo e ainda por volta deste mesmo tempo em boa jogada pela direita do sempre eficiente Sassa que invadiu a área até as margens da linha de fundo bateu forte e cruzado buscando Valdemar que entrava livre na segunda trave e deu a ele a condição de apenas deixar a bola bater nas pernas para sair já para os agradecimentos a Sassa que lhe presenteou com o passe de gol. O conforto do domínio de jogo ainda cresceu mais e com ele novos gols sendo perdidos e chances de ampliar o placar e se garantir com a vitória iam saindo por entre os dedos. Alvorada que apenas marcava passou a atacar mais atuando em contra ataques, que por boa atuação da defesa olariana não eram concluídas em gols.

A segunda etapa chegou e com ela o cansaço olariano, que a cada 5 min viam a equipe da casa realizar novas trocas podendo assim manter folego de jogo. Olaria, criou ainda jogadas de perigo de gols, mais isso foi apenas até os 20 min. porque dai pra frente o jogo foi todo do Alvorada, chegava ao ataque por todos os lados com bons chutes de longa distancia, faltas bem batidas, por detalhes não conseguiam balançar as redes. E no embalo do ditado “tanto bate até que fura”, o bom atacante que a pouco tinha mudado de lado consegue um belo chute empatando o jogo, e como se não bastasse em alguns minutos depois em outra boa jogada de contra-ataque agora pelo lado direito sai o golpe final a virada no placar, Alvorada 2 x 1 Olaria. Já nos acréscimos com um resquício de folego a bola é lançada a Theo que invade a área gira sobre a defesa e bate cruzado, sem chances de defesa mais por capricho a bola bate na junção das traves. Olaria nos aparelhos ainda tem duas chances uma delas por detalhes de domínio a bola escapa e dá alento a defesa blumenauense e no ultimo lance por pressa talvez, uma jogada em que Theo recebe a bola espirrada tenta lançar Valdecir mais o juiz sinaliza impedimento. Fim de jogo!

Dida certamente uma equipe que vamos rever por muitos anos, pessoal bom de jogo e se não fosse iriamos só pela janta estava espetacular teve jogado olariano se poupando em campo pra poder chegar inteiro a mesa, motivado só pelo cheiro que pairava no ar. Parabéns pela equipe e organização que podemos presenciar e usufruir.

Olarianos, os que puderam ir para o jogo, parabéns pela entrega em campo, não queremos tirar o mérito da vitória da equipe que nos recebeu mais o cansaço também entrou em campo e somado ao alvorada foi um duro adversário.

Fomos a campo assim: Matheus, Rud, Jean, Zé e Beto Paz, Valdecir, Leandro, Adélio e Sassa, Valdemar e Raposo. Ainda com a mesma luta: Beto e Theo participaram da bela partida.

Grande abraço a todos!! E se o Joel conseguir um campo sabado teremos jogo.

 

Att.: Valdecir Roling

7 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Domingo, 14 de maio de 2017

Jogo de 10 gols!!!

Neste sábado (13), recebemos em nossa casa a renovada equipe do Cruzeiro de Gaspar, mais que graças ao Sr. Afonso e outros somados a ele mantem essa equipe de grande tradição do futebol veterano.

No quesito futebol, o jogo foi um prato cheio e de muitos gols para serem comemorados pelas duas equipes, 5x5 foi o placar, sim, sim metralhadora de gols no campo do Olaria.

Na primeira etapa, o placar foi aberto já aos 10 min. e quem fez o gol foi a equipe do Cruzeiro, bola cruzada da direita, nosso alcoólico goleiro substituto Challico não sabia se saia ou se ficava e nessa indecisão a bola chegou a cabeça do avante cruzeirense que sozinho livre, livre de marcação nem precisou pular para cabecear, direto pro chão a bola em sua formosura vai direto pro chão quica e encobre o goleiro olariano. Sem perder tempo Olaria não desanimou e foi para ataque e já no lance seguinte, em boa jogada pela esquerda a bola chega aos pés de Adélio que dentro da área é atingido pelo gasparzinho (amigo do Rud), cai e o juizão em ótima posição de visão em relação ao lance marca sem titubear apontando para marca da call, Adélio bate no canto direito e finalmente Olaria tem um gol anotado por cobrança de pênalti. Seguindo o jogo, Valdemar agora jogando pela direita de ataque olariano (onde o imã tem menos atração para a ponta do canto esquerdo) recebe bola lançada pelo então lateral Jean, Valdemar avista Adélio na área bate alçado a bola não chega até Adélio, mais Betinho aparece de surpresa e de primeira bate no canto esquerdo do goleirão cruzeirense, sem chances de defesa, olaria vira o placar e toma conta do jogo deixando nossos visitantes só correndo atrás na marcação. Cruzeiro não estava abatido e tinha um homem surpresa ou melhor dois, pois seu atacante grandalhão chegou e já foi ao ataque e homem grande no ataque o negócio é cruzamento na área e como dito dois homens surpresas pois o avante cruzeirense recebe cruzamento e o segundo surpresa (nosso Goleiro) novamente não sai na bola e permite desvio do cruzeirense empatando o jogo e dando fim aos números do primeiro tempo.

Poucas são as mudanças para a segunda etapa, tanto em atletas quanto em ofensividade de ataque. Cruzeiro contou com a sorte do dia ruim de nosso goleiro, ops dia ruim não e sim dia de feijoada caipira, pinga foguete e cerveja e assim consegue abrir dois gols de vantagem frente ao Olaria, um deles novamente com desvio de cabeça do enorme atacante cruzeirense e outro com ama bela cobrança de falta, que verdade seja dita deveria ter sido anotado penalidade. Indignado com a mã atuação que vinha fazendo Valdecir em raro momento de produtividade em campo rouba a bola pelo lado esquerdo do campo, lança raposo, de que rola para Sassa e este invade a área indo até a linha de fundo levanta a cabeça e bate cruzado e na medida para o então bem posicionado Theo que com “maestria” deixa a bola bater em seu pé tremulo para que a gorduchinha vá parar nas redes cruzeirenses ....kkkkkkkkkkkkkkk... acho que ficou bom assim em Theo!?!? Pouco tempo depois Olaria no ataque agora pela direita Leandro (Guerreiro) cruza na medida para Raposo que de cabeça empata o jogo. E lá vem o cruzeiro novamente com a parceria de sucesso com nosso goleirão Challico, não péra.... Dessa vez nosso gênio da bola deu uma mancada (mais o homem tem créditos até o infinito com o Olaria) Laguna tenta sair jogando dentro da área e no bate rebate a bola acaba indo para direção indevida o gol, banho de agua fria na turma da casa, Olaria 4 x 5 Cruzeiro. Jogo era quente de emoção a cada novo gol, e tínhamos a obrigação de não perder mais uma em casa, fomos ao ataque que acarretou em falta na entrada da área cruzeirense, Raposo cheio de confiança toma a bola e a frente de Adélio e assume a cobrança (há boatos de ser a primeira de sua vida) e sim meus amigos o placar novamente chega ao mim em suas alternâncias Olaria 5 x 5 Cruzeiro. Alguns protestos de nossos amigos de Gaspar por parte da atuação do juizão, não deve ter sido fácil beber de seu próprio veneno, pois a anos vamos a Gaspar sofrer com as péssimas atuações de juízes que por lá assopram o apito.

Agradecemos ao sr. Afonso que imagino muita luta ao lado de sua esposa lutam para não perder essa grande equipe de futebol veterano, parabéns também aos novos jogadores que vestiram essa camisa e a defendem com bom desempenho.

Aos Olarianos, parabéns pela luta de jogo creio que fizemos um bom jogo pois marcar muitos gols em uma partida a tempos não o fazíamos, nosso ataque mostrou eficiência marcando 4 gols e tendo a participação de todos que pelo setor atuaram, meio d campo durante todo o jogo atuou de forma grandioso servindo o ataque e ou roubando bolas, a defesa teve grandes momentos no jogo tendo pouca culpa nos 5 gols que sofremos, nosso goleiro e grande amigo que veio os auxiliar na ausência do titular estava em um dia ruim mais mesmo assim nos ajudou e certamente irá nos ajudar em outros momentos (claro que não no gol) quem sabe assando uma carne...kkkkkkk... vlww challico que ainda ressaltou “ se eu joguei mal e tomei 5 gols, o que dizer do goleiro deles que Jogou bem e tomou 5 também?” A resposta é simples, nosso time foi muito superior em ofensividade.

Fomos a campo assim: Challico, Jean, Juliano, Gauchinho e Betinho, Valdecir, Leandro Sassá e Laguna, Adélio e Valdemar. Ainda mitaram em campo em igual proporção: Isaias, Rud, Betão – monstro o retorno-, zé, Theo e Raposo.

Valew pessoal!!!

Att.: Valdecir Roling.

10 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Sexta, 12 de maio de 2017

Um grande jogo de futebol

Olá boleirada, neste ultimo sábado (06) recebemos em nossa casa a grande equipe do Ponte Pensil do amigo Denis e companhia, turma que a tempos tínhamos saudades de jogar pois tratasse de um confronto de anos de história e que havia dado uma parada, um descanso pra dar saudades!!

 

O jogo foi daqueles, uma partida muito bonita de se ver me atrevo a dizer que por parte olariana tenha sido a melhor do ano até aqui. Criações de bonitas jogas de parte a parte e as duas equipes pecando nas finalizações, ou melhor, dizendo parando nas marcações adversárias. Na bobeira de uma saída de bola a equipe da casa se atrapalhou e acabou cedendo a bola ao ataque adversário o que acabou culminando ao primeiro gol da partida, Ponte Pensil tira o zero do placar. Ainda tinha um bom percurso de jogo até o fim da primeira etapa e o olaria estava muito a fim de acabar essa primeira etapa com pelo menos o placar em igualdade, mais de nada adiantou até criávamos jogadas mais o ataque estava sem muita criatividade e não conseguiu vencer a defesa de Balneário.

 

Partimos para a segunda metade do jogo e nessa pegada o cansaço pegou as duas equipes, pois ambos os times estavam com poucos suplentes e dado a dinâmica de jogo da parte inicial o segundo tempo caiu um pouco de rendimento, mais olaria queria muito defender o placar em casa. Os visitantes criaram alguns lances de muito perigo de gol, porem, nosso goleiro novamente apresentou nova boa atuação e fechou o gol e quando não podia ai a dupla de zaga fazia o serviço. E lá vamos Olaria!! Em bom lançamento apesar de apagado no jogo Sassa coloca uma bola na medida para Valdecir na entrada da área que chega frente a frente com o goleiro na tentativa de tirar do goleiro e balançar a rede o goleirão chega forte atinge o finalizador mais ainda assim consegue bater cruzado e lá pela outra ponta Adelio atento e cambaleante consegue assoprar a bola para o gol pois nem da pra dizer que foi um chute...rsrsrsr... a bola mal passa da linha, Juizão até ficou em duvida de confirmar o gol, mais sim, tá na regra passou da linha dentro da trave é gol, ufa empatamos o jogo. Infelizmente o placar não passou disso o jogo dos cansados contra extenuados ficou nisso Olaria (mais um empate 1 x 1 Ponte Pensil.

 

Grande Denis, agradeço por ter nos procurado para novamente realizarmos a primeira de muitas novas partidas entre estas duas equipes.

 

Galera Olariana, parabéns pelo bom jogo, finalmente deu pra ver dedicação em campo, luta pela bola, luta pelo resultado, ímpeto de jogo.... espero que amanhã contra a equipe do Cruzeiro todos tenhamos a mesma pegada.

 

Olaria foi a campo assim: Matheus, Jean, Juliano, Gauchinho e Beto Paz, Leandro, Valdecir, Adélio e Sassa, Valdemar e Ednaldo. Ainda deram gás time em igual proporção: Zé Laguna e Theo.

 

Forte abraço aos amigos!!

 

Att.: Valdecir Roling

 

Ps.: A resenha não foi das melhores, peço desculpas aos amigos de leitura.... o tempo foi duro essa semana!

1 pessoa comentou. Leia e comente também!
www.futebolveterano.com.br | contato@futebolveterano.com.br