OLARIA GUABIRUBA-SC

Blog
Segunda, 19 de junho de 2017

Voltando ao caminha das vitórias!

Olá Amigos da bola e da vida! Neste ultimo sábado (17), recebemos em nossos domínios a visita já em jogo de volta a equipe do  E. C. Operário da cidade de Itajaí. No jogo de ida, nosso primeiro do ano havíamos empatado em 2 x 2 e agora jogando em casa conquistamos uma bela vitória com o placar de Olaria 3 x 2 Operário.

Por incrível que pareça a equipe da casa parecia ser a visitante, pois estava com um elenco volumoso, diferente da do Olaria que estava apenas com 2 suplentes, claro questões particulares de cada um do que faltaram justificam suas ausências e também ter grupo grande é justamente para suprir giro de jogadores.

E a bola rola ao chute inicial do Operário, onde já do inicio de jogo Olaria toma conta da bola trabalhando bem e fazendo a redonda correr e deixar que nossos visitantes corressem atrás dela em marcação ao toque de bola Olariano. Já no inicio boas jogadas de infiltração à defesa visitante aconteciam, hora Valdemar, hora, Theo e ainda Sassa e Adélio assustavam a defesa. Jean jogando como volante começou a ter destaque em suas arrancadas e em boa jogada invade a área dribla o marcador e é derrubado por outro, juizão que por receio de marcar ou mau posicionamento nada marca. Olaria por habito fica nervoso com erros de juízes e se dispersa em campo, o suficiente para que o Operário cresça e com espaço pelo lado esquerdo de seu ataque o avante emenda um belo chute no canto esquerdo do goleirão Matheus que no rebote é surpreendido com a chegada solitária do jogador Operário abrindo o placar. Olaria acorda e vai pro jogo, minutos depois em nova jogada de Jean dentro da área novamente é derrubado e agora com placar em nosso desfavor Juizão marca e em ótima batida no estilo bola pra um lago goleiro para o outro Adélio iguala o placar. Olaria vira pressão em campo acatando por todos os lados e várias formar – laterais, escanteios, bolas alçadas, infiltrações pelo miolo de zaga - só não saia o gol. Já nos segundo finais de jogo Deni que entrou em campo por volta dos 30 min, depois de cobrança de escanteio de Sassa empurra para as redes dando fim ao primeiro tempo de jogo com placar em favor Olariano.

Ao segundo tempo de jogo, Olaria mantem o empenho em ampliar o placar, busca com intensidade o gol mais a bola insiste em não entrar, e ainda surge um gigante balde de agua fria, onde  dentro da área Jean marca duro e comete a falta e falta dentro da área é pênalti meus amigos que é batido e convertido, placar em igualdade novamente. Olaria continuou acertando quase que todos os seus cruzamentos a área tendo por pecado as finalizações de quem recebia a bola, um exemplo triste disso fica por conta deste que vôs relata os fatos, que ao receber cruzamento milimétrico de Theo, fica sozinho na pequena área e falha ao tentar o gol INACREDITÉVEL, certamente motivo de risos por alguns dias. Passando já dos 30 min. jogados, Sassa conduz a bola pela direita mete um CHUTAMENTO pra área e Theo de nuca, costas, Orelha desvia pro gol colocando Olaria em vantagem de placar e finalizando o resultado de jogo.

Cabe sem duvidas um salve pra galera da cozinha que meteu de janta uma fabulosa feijoada que no friozinho que tínhamos ao anoitecer de sábado caiu como uma luva, excelente.

Parabéns Olarianos que mais uma vez jogaram muito bem, assim como nas duas partidas anteriores porem diferente delas este jogo saímos vitoriosos.

Fomos ao embate assim: Matheus, Beto, Gauchinho, Juliano e Zé, Valdecir, Jean, Sassa e Adélio, Theo e Valdemar. Tivemos também a a participação do Estreante Deni e da reestreia de Isaias.

Obrigado a todos, Boa semana!!

Att.: Valdecir Roling

5 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quinta, 15 de junho de 2017

A Sina Continua!

Neste último sábado (10), Olaria foi a Porto Belo realizar mais um belo jogo de futebol veterano. Jogo este que foi possível graças ao empenho do grande Joel, pois pelas bandas de BC os jogos foram cancelados e ai veio o empenho desse amigo que o vetéras nos deu, parabéns Joel!!

E vamos ao jogo, campo bem do ruinzinho e de péssima iluminação (jogo noturno), mais como o mal é para os dois times, aí desculpas não cabem. Olaria partiu ao ataque, controlando a marcação já na saída de bola do fluminense e assim beliscando boas oportunidades de marcar gols. Resultado apareceu logo, com muita pressão de ataque e insistências de chutes de Valdemar a bola sobra para Raposo que tem apenas o trabalho de empurrar para o gol.  Com o resultado positivo Olaria recuou um pouco e mesmo assim deu condições de contra taque aos anfitriões e em joga pela entrada da área Tatu, sempre ele inventa uma penalidade onde o bom atacante do Fluminense fez bela cavada e o Tatu sempre sem nenhuma intensão de maldade assinala a cal, que foi batido e convertido. Depois com o time olariano desestabilizado e mais preocupada com ações do Tatu (para quem não sabe ele é o juiz), Fluminense seguiu ao ataque e em um rebote dentro da área um belo chute sai do meio da multidão onde a gorduchinha vai dormir lá nas redes, dando ali fim aos gols da primeira etapa Fluminense 2 x 1 Olaria

Segundo tempo inicia, e ainda com ele o mega ultra frio se intensificava, poucos suplentes no banco do Olaria – coisa que tá virando rotina – Olaria pouco criou em campo e com isso Fluminense se aproveito da fragilidade de nosso desempenho em campo, Sassa em lance de desatenção recua mal a bola e a danada foi para os pés do pessoal tricolor de BC que não se fez de rogado e foi as redes ampliando o placar e passaram a controlar o jogo até os 30 min. Olaria em lampejos de boas jogadas, consegue criar uma boa triangulação pelo lado esquerdo de ataque invadindo a área e deixando a bola de bandeja para Valdemar escolher o canto e diminuir o placar. No fim da partida já passando dos 40 min. quando ainda o Olaria buscava crente mais um gol que seria o empate, vem o grande balde de agua fria, lance de contra taque e fluminense fecha a conta e passa a régua, Fluminense 4 x 2 Olaria.

Grande Joel, obrigado pelo empenho em buscar um campo para o jogo, ficamos gratos por isso.

Olaria foi ao jogo assim: Matheus, Rud, Juliano, Jean e Zé, Valdecir, Sassa, Adélio e Raposo, Theo e Valdemar. Entraram na luta de jogo em mesma proporção de emprenho: Beto e Laguna.

Neste sábado vamos receber a turma do Operário, já em jogo de volta.

Grande abraço a todos!!

Att.: Valdecir Roling  

1 pessoa comentou. Leia e comente também!
Quinta, 8 de junho de 2017

Grande Reencontro!

No ultimo sábado (03) Olaria foi a Blumenau rever o pessoal da grande equipe do Alvorada, equipe que a mais de 8 anos olaria não realizava amistoso veterano. Por lá encontramos Dida que é um dos lideres e organizadores da equipe, e vale o destaque ao trabalho e preocupação que o mesmo dá a todos os detalhes que vão de dias antes ao jogo ao pós jogo coroado com uma bela recepção.

 Os louros da vitória foram concedidos a equipe anfitriã, que pode contar com um grande elenco a serviço de seu técnico, ao contrário do Olaria que foi para o jogo com apenas 2 suplentes e isso teve o peso da derrota. Na primeira etapa com bom posicionamento e toque de bola, olarianos dominaram o jogo tinham controle em todos os setores do campo, Matheus novamente tendo grande atuação em lindas e plásticas defesas, Jean - acho que misturaram maconha na droga dele – nunca vi falar tanto, mais o resultado foi bom fez um belo jogo, Zé – jogou improvisado – achamos a posição de jogo teve uma atuação consistente, manchada por um gol meio que contra, restante da equipe jogou de forma já mais comum a jogos anteriores. Como mencionado, o bom toque de bola e domínio de jogo deu ao Olaria serenidade excessiva, pois tivemos duas ou três boas oportunidades antes dos 15 min. De jogo e ainda por volta deste mesmo tempo em boa jogada pela direita do sempre eficiente Sassa que invadiu a área até as margens da linha de fundo bateu forte e cruzado buscando Valdemar que entrava livre na segunda trave e deu a ele a condição de apenas deixar a bola bater nas pernas para sair já para os agradecimentos a Sassa que lhe presenteou com o passe de gol. O conforto do domínio de jogo ainda cresceu mais e com ele novos gols sendo perdidos e chances de ampliar o placar e se garantir com a vitória iam saindo por entre os dedos. Alvorada que apenas marcava passou a atacar mais atuando em contra ataques, que por boa atuação da defesa olariana não eram concluídas em gols.

A segunda etapa chegou e com ela o cansaço olariano, que a cada 5 min viam a equipe da casa realizar novas trocas podendo assim manter folego de jogo. Olaria, criou ainda jogadas de perigo de gols, mais isso foi apenas até os 20 min. porque dai pra frente o jogo foi todo do Alvorada, chegava ao ataque por todos os lados com bons chutes de longa distancia, faltas bem batidas, por detalhes não conseguiam balançar as redes. E no embalo do ditado “tanto bate até que fura”, o bom atacante que a pouco tinha mudado de lado consegue um belo chute empatando o jogo, e como se não bastasse em alguns minutos depois em outra boa jogada de contra-ataque agora pelo lado direito sai o golpe final a virada no placar, Alvorada 2 x 1 Olaria. Já nos acréscimos com um resquício de folego a bola é lançada a Theo que invade a área gira sobre a defesa e bate cruzado, sem chances de defesa mais por capricho a bola bate na junção das traves. Olaria nos aparelhos ainda tem duas chances uma delas por detalhes de domínio a bola escapa e dá alento a defesa blumenauense e no ultimo lance por pressa talvez, uma jogada em que Theo recebe a bola espirrada tenta lançar Valdecir mais o juiz sinaliza impedimento. Fim de jogo!

Dida certamente uma equipe que vamos rever por muitos anos, pessoal bom de jogo e se não fosse iriamos só pela janta estava espetacular teve jogado olariano se poupando em campo pra poder chegar inteiro a mesa, motivado só pelo cheiro que pairava no ar. Parabéns pela equipe e organização que podemos presenciar e usufruir.

Olarianos, os que puderam ir para o jogo, parabéns pela entrega em campo, não queremos tirar o mérito da vitória da equipe que nos recebeu mais o cansaço também entrou em campo e somado ao alvorada foi um duro adversário.

Fomos a campo assim: Matheus, Rud, Jean, Zé e Beto Paz, Valdecir, Leandro, Adélio e Sassa, Valdemar e Raposo. Ainda com a mesma luta: Beto e Theo participaram da bela partida.

Grande abraço a todos!! E se o Joel conseguir um campo sabado teremos jogo.

 

Att.: Valdecir Roling

7 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Domingo, 14 de maio de 2017

Jogo de 10 gols!!!

Neste sábado (13), recebemos em nossa casa a renovada equipe do Cruzeiro de Gaspar, mais que graças ao Sr. Afonso e outros somados a ele mantem essa equipe de grande tradição do futebol veterano.

No quesito futebol, o jogo foi um prato cheio e de muitos gols para serem comemorados pelas duas equipes, 5x5 foi o placar, sim, sim metralhadora de gols no campo do Olaria.

Na primeira etapa, o placar foi aberto já aos 10 min. e quem fez o gol foi a equipe do Cruzeiro, bola cruzada da direita, nosso alcoólico goleiro substituto Challico não sabia se saia ou se ficava e nessa indecisão a bola chegou a cabeça do avante cruzeirense que sozinho livre, livre de marcação nem precisou pular para cabecear, direto pro chão a bola em sua formosura vai direto pro chão quica e encobre o goleiro olariano. Sem perder tempo Olaria não desanimou e foi para ataque e já no lance seguinte, em boa jogada pela esquerda a bola chega aos pés de Adélio que dentro da área é atingido pelo gasparzinho (amigo do Rud), cai e o juizão em ótima posição de visão em relação ao lance marca sem titubear apontando para marca da call, Adélio bate no canto direito e finalmente Olaria tem um gol anotado por cobrança de pênalti. Seguindo o jogo, Valdemar agora jogando pela direita de ataque olariano (onde o imã tem menos atração para a ponta do canto esquerdo) recebe bola lançada pelo então lateral Jean, Valdemar avista Adélio na área bate alçado a bola não chega até Adélio, mais Betinho aparece de surpresa e de primeira bate no canto esquerdo do goleirão cruzeirense, sem chances de defesa, olaria vira o placar e toma conta do jogo deixando nossos visitantes só correndo atrás na marcação. Cruzeiro não estava abatido e tinha um homem surpresa ou melhor dois, pois seu atacante grandalhão chegou e já foi ao ataque e homem grande no ataque o negócio é cruzamento na área e como dito dois homens surpresas pois o avante cruzeirense recebe cruzamento e o segundo surpresa (nosso Goleiro) novamente não sai na bola e permite desvio do cruzeirense empatando o jogo e dando fim aos números do primeiro tempo.

Poucas são as mudanças para a segunda etapa, tanto em atletas quanto em ofensividade de ataque. Cruzeiro contou com a sorte do dia ruim de nosso goleiro, ops dia ruim não e sim dia de feijoada caipira, pinga foguete e cerveja e assim consegue abrir dois gols de vantagem frente ao Olaria, um deles novamente com desvio de cabeça do enorme atacante cruzeirense e outro com ama bela cobrança de falta, que verdade seja dita deveria ter sido anotado penalidade. Indignado com a mã atuação que vinha fazendo Valdecir em raro momento de produtividade em campo rouba a bola pelo lado esquerdo do campo, lança raposo, de que rola para Sassa e este invade a área indo até a linha de fundo levanta a cabeça e bate cruzado e na medida para o então bem posicionado Theo que com “maestria” deixa a bola bater em seu pé tremulo para que a gorduchinha vá parar nas redes cruzeirenses ....kkkkkkkkkkkkkkk... acho que ficou bom assim em Theo!?!? Pouco tempo depois Olaria no ataque agora pela direita Leandro (Guerreiro) cruza na medida para Raposo que de cabeça empata o jogo. E lá vem o cruzeiro novamente com a parceria de sucesso com nosso goleirão Challico, não péra.... Dessa vez nosso gênio da bola deu uma mancada (mais o homem tem créditos até o infinito com o Olaria) Laguna tenta sair jogando dentro da área e no bate rebate a bola acaba indo para direção indevida o gol, banho de agua fria na turma da casa, Olaria 4 x 5 Cruzeiro. Jogo era quente de emoção a cada novo gol, e tínhamos a obrigação de não perder mais uma em casa, fomos ao ataque que acarretou em falta na entrada da área cruzeirense, Raposo cheio de confiança toma a bola e a frente de Adélio e assume a cobrança (há boatos de ser a primeira de sua vida) e sim meus amigos o placar novamente chega ao mim em suas alternâncias Olaria 5 x 5 Cruzeiro. Alguns protestos de nossos amigos de Gaspar por parte da atuação do juizão, não deve ter sido fácil beber de seu próprio veneno, pois a anos vamos a Gaspar sofrer com as péssimas atuações de juízes que por lá assopram o apito.

Agradecemos ao sr. Afonso que imagino muita luta ao lado de sua esposa lutam para não perder essa grande equipe de futebol veterano, parabéns também aos novos jogadores que vestiram essa camisa e a defendem com bom desempenho.

Aos Olarianos, parabéns pela luta de jogo creio que fizemos um bom jogo pois marcar muitos gols em uma partida a tempos não o fazíamos, nosso ataque mostrou eficiência marcando 4 gols e tendo a participação de todos que pelo setor atuaram, meio d campo durante todo o jogo atuou de forma grandioso servindo o ataque e ou roubando bolas, a defesa teve grandes momentos no jogo tendo pouca culpa nos 5 gols que sofremos, nosso goleiro e grande amigo que veio os auxiliar na ausência do titular estava em um dia ruim mais mesmo assim nos ajudou e certamente irá nos ajudar em outros momentos (claro que não no gol) quem sabe assando uma carne...kkkkkkk... vlww challico que ainda ressaltou “ se eu joguei mal e tomei 5 gols, o que dizer do goleiro deles que Jogou bem e tomou 5 também?” A resposta é simples, nosso time foi muito superior em ofensividade.

Fomos a campo assim: Challico, Jean, Juliano, Gauchinho e Betinho, Valdecir, Leandro Sassá e Laguna, Adélio e Valdemar. Ainda mitaram em campo em igual proporção: Isaias, Rud, Betão – monstro o retorno-, zé, Theo e Raposo.

Valew pessoal!!!

Att.: Valdecir Roling.

10 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Sexta, 12 de maio de 2017

Um grande jogo de futebol

Olá boleirada, neste ultimo sábado (06) recebemos em nossa casa a grande equipe do Ponte Pensil do amigo Denis e companhia, turma que a tempos tínhamos saudades de jogar pois tratasse de um confronto de anos de história e que havia dado uma parada, um descanso pra dar saudades!!

 

O jogo foi daqueles, uma partida muito bonita de se ver me atrevo a dizer que por parte olariana tenha sido a melhor do ano até aqui. Criações de bonitas jogas de parte a parte e as duas equipes pecando nas finalizações, ou melhor, dizendo parando nas marcações adversárias. Na bobeira de uma saída de bola a equipe da casa se atrapalhou e acabou cedendo a bola ao ataque adversário o que acabou culminando ao primeiro gol da partida, Ponte Pensil tira o zero do placar. Ainda tinha um bom percurso de jogo até o fim da primeira etapa e o olaria estava muito a fim de acabar essa primeira etapa com pelo menos o placar em igualdade, mais de nada adiantou até criávamos jogadas mais o ataque estava sem muita criatividade e não conseguiu vencer a defesa de Balneário.

 

Partimos para a segunda metade do jogo e nessa pegada o cansaço pegou as duas equipes, pois ambos os times estavam com poucos suplentes e dado a dinâmica de jogo da parte inicial o segundo tempo caiu um pouco de rendimento, mais olaria queria muito defender o placar em casa. Os visitantes criaram alguns lances de muito perigo de gol, porem, nosso goleiro novamente apresentou nova boa atuação e fechou o gol e quando não podia ai a dupla de zaga fazia o serviço. E lá vamos Olaria!! Em bom lançamento apesar de apagado no jogo Sassa coloca uma bola na medida para Valdecir na entrada da área que chega frente a frente com o goleiro na tentativa de tirar do goleiro e balançar a rede o goleirão chega forte atinge o finalizador mais ainda assim consegue bater cruzado e lá pela outra ponta Adelio atento e cambaleante consegue assoprar a bola para o gol pois nem da pra dizer que foi um chute...rsrsrsr... a bola mal passa da linha, Juizão até ficou em duvida de confirmar o gol, mais sim, tá na regra passou da linha dentro da trave é gol, ufa empatamos o jogo. Infelizmente o placar não passou disso o jogo dos cansados contra extenuados ficou nisso Olaria (mais um empate 1 x 1 Ponte Pensil.

 

Grande Denis, agradeço por ter nos procurado para novamente realizarmos a primeira de muitas novas partidas entre estas duas equipes.

 

Galera Olariana, parabéns pelo bom jogo, finalmente deu pra ver dedicação em campo, luta pela bola, luta pelo resultado, ímpeto de jogo.... espero que amanhã contra a equipe do Cruzeiro todos tenhamos a mesma pegada.

 

Olaria foi a campo assim: Matheus, Jean, Juliano, Gauchinho e Beto Paz, Leandro, Valdecir, Adélio e Sassa, Valdemar e Ednaldo. Ainda deram gás time em igual proporção: Zé Laguna e Theo.

 

Forte abraço aos amigos!!

 

Att.: Valdecir Roling

 

Ps.: A resenha não foi das melhores, peço desculpas aos amigos de leitura.... o tempo foi duro essa semana!

1 pessoa comentou. Leia e comente também!
Terça, 2 de maio de 2017

Quando vimos .... Já tínhamos três na sacola!

     Olá Boleiros, bom dia!!

 

   E com um enorme atraso, vamos aos relatos do jogo entre Olaria e Nações, que aconteceu ja na semana anterior dia 22/05. Mais como as razões por conta do atraso não são importantes.... seguimos em frente!!! E ainda testar a memória, lembrar da história do jogo não vai ser fácil..rssrs

 

   Em um inicio de jogo de certa forma bem igual aos anteriores, as duas equipes se estudaram um pouco, e também se preservaram já que estavam desprovidas de banco de suplentes. Mais essa coisa de estudos não durou muito..rsrsr... primeiro foi a vez do Olaria partir ao ataque e em duas boas infiltrações os gols só não sairam por detalhes, no primeiro lance perdemos o gol por falta de força na conclusão e no segundo ai infelizmente nosso Juiz ao qual sempre pedidos para ser pura e simplesmente o arbitro da partida, as vezes isso o torna um tanto quanto medroso a dar vantagem a nossa equipe, mesmo que ela de fato ocorra, como no lance em questão. Em um excelente lançamento de Sassa, Valdemar sobra a frente da zaga visitante e em posição MUITTOOO  regular, mais aquele susto do juizão ao ver nosso avante tão a frente dos zagueiros e claro sob os protestos atuais dos defensores o mocinho do apito não titubeou e assoprou o brinquedo invalidando o que seria nosso primeiro gol. Em seguida do lance sem perder tempo Nações se lança ao ataque e ao invadir a área seu atacante perde a bola em um lance talvez duvidoso mais ali novamente marcado a duvida contra o time da casa, pênalti para Nações, protestos e protestos e mais protestos por nossa parte, porem Juizão estático apenas ouve e depois de muitos reclames ainda expulsa nosso zagueiro Gauchinho, nações bate e converte abrindo o placar do jogo. Olaria fica atordoado, parou de jogar se apegou a reclamar do juiz e deixo de lutar pela vitória e claro que com isso nação apenas ficava de olho esperando momentos oportunos para marcar seus gols e assim foi, em lançamento e na correria do Mônica (ainda acho que deram o apelido errado para o rapaz, ou o tem para enganar adversários, pois o carinha é o verdadeiro papa léguas) seu atacante pela ala do campo e como um raio passa por toda a defesa olariana e mete o patasso marcando ai seu segundo gol. E ainda tinha mais, em nova e ótima jogada com três ou quatro toques, nações acha novamente papa léguas solto na área e dessa vez sem precisar correr apenas salta e marca o terceiro gol do jogo e ultimo da primeira etapa.

 

   Segundo tempo ai vamos nós, Olaria precisava de ofensividade, pois queria reverter o placar, algumas alterações folego novo, algumas boas jogadas com a bola nos pés, seu setor de meio de campo trabalhou muito, mais pouco saia de produtividade em nossas conclusões. Em boa jogada de infiltração pelo meio da área este que voz relata recebe bola de Sassa e de verdade dá uma bela cavada de falta, INCRIVEL juizão marcou..rsrsrsr tres a zero ja dava margem para ele errar a nosso favor...rsrsrssr, agora novos reclames e obvio por parte dos visitantes.... e claro com razão, pois nem eu acho q foi pênalti, mais vamos lá... diferente de nossos amigos de BC que concluíram em gol, nós perdemos a nossa oportunidade. Jogo que segue, nova jogada de Sassa e Valdecir, Sassa cruza bola na área Valdecir domina e bate cruzado, goleiro ou zagueiro afastam a bola que volta pra Valdecir que agora de pé trocado bate novamente e novamente a os defensores desviam a bola ainda teima em não entrar bate na trave e volta e dessa vez, Raposo estava pelo caminho ele domina e mete a bica para finalmente a bola tomar conta das redes, ufa saímos do zero. Nações em um jogo inteligente de toques de bola e sempre bons lançamentos novamente encontra Papa Léguas que recebe dribla o goleiro (que apesar de levar 4 gols fez uma grande partida, defendendo muitas bolas difíceis) e arremata o jogo Papa Léguas/Nações 4 x 1 Olaria.

 

   Foi novamente um jogo de emoções e ânimos quentes, coisa que sempre acaba ali dentro das 4 linhas, duas equipes de amizade de muitos anos e a qual de minha parte Nações tem sempre meu respeito. Nações veio a Guabiruba e jogou bola e nela (Bola), ganhou o jogo, Olaria por sua vez se perdeu nas reclamações ao seu juiz de jogo e esqueceu de jogar bola, para alguns creio que falta mais ímpeto vontade de ganhar, nos apegamos a por culpa em erros de outros ao lutar para corrigir nossos próprios e assim quem sabe ter melhor jogo disputado. Acho q fico o ex.

 

   Agradeço de coração a todos os amigos da equipe do Nações por terem nos visitado, e terem também participado de nossa festa, foi curto o tempo é bem verdade, não deu nem tempo para dar a devida atenção aos amigos, peço desculpas por isso, também espero que não tenham tido a impressão de que os deixamos de lado. Ano que vem o jogo será em outra data e já com algumas melhorias aplicadas em nossa sede, isso tudo em decorrência dos lucros que tivemos nesse dia.

 

   Aos olarianos, vamos lá seguir em frente essa semana temos um novo e difícil jogo e novamente em nossa casa, conto com total ímpeto de todos!!!

 

   Peço ainda desculpas a todos (Olarianos e Nações), as desculpas são por conta de minhas ações explosivas, tem o fator querer ganhar, abominar erros de juiz seja pró ou contra, e ainda tinha o extra campo a festa a qual me consumiu muito e ali em campo extrapolo um tanto a mais do que o coerente.

 

   Fomos a campo assim: Matheus, Rud, Gauchinho, Juliano, Zé, Valdecir, Leandro, Sassa, Adélio, Valdemar e Negão. ainda nos ajudaram na luta: Pantxo, Pavão, Raposo, Betinho Isaias e Betinho. Contamos com os ilustres amigos Beto e Theo.

 

   Obrigado a todos pela atenção, leitura e comentários!!!

 

     Att.: Valdecir Roling   

5 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Segunda, 10 de abril de 2017

O Jogo mais Sujo da História Olariana!

    Neste ultimo sábado fomos a Itajaí confraternizar com os amigos Vavá e toda a turma do Itajaí-Açu. encontro que agora depois deste sábado sabemos que independente do gramado, local de jogo, condição do clima teremos sempre um jogo com placar bem apertadinho onde qualquer descuido e a outra equipe sai de campo vitoriosa.

 

   Começo, a resenha destacando o empenho que Vavá (carinha que toma a frente da equipe) teve e sempre tem ao marcar os jogos e lutar para que tudo aconteça, nesse sábado ele até exagerou..rsrsrr.... vamos ver já já o porque disso!! Mais de toda forma vale o registro do empenho que o rapaz tem pelo futebol veterano, acho que só faltou o abraço depois da partida..rsrsrsr.

 

   Como Dito no titulo do texto... o que espero tenha chamado sua atenção para a leitura dessa resenha, o jogo foi sujo, porem não por conta de deslealdade de algum jogador ou equipe ou juiz. O jogo foi sujo pelo estado do campo que dizer impraticável seria quase um elogio..rsrssrssr... o mais limpo saiu de campo uma axila sem lama, uma arrozeira praticamente. As minichuvas da semana foram duras durante a semana e a de sexta a noite mais malvada ainda, mas como todos são famintos por bola, se jogamos na lama e ainda acreditem foi um belo jogo, o que poderia ter algum atleta machucado por conta de escorregões também não aconteceu, todos se respeitaram seguiram a condição de reciprocidade e respeito ao colega que estava com o outro uniforme. Ainda um destaque ao Juizão que fez uma linda arbitragem, deixou de nos dar uma penalidade é verdade porem esteve com a visão encoberta e não viu o choque.

 

   Na primeira etapa o jogo foi de adaptação, as duas equipes não arriscaram muito, ficando uns bons 15 min. tocando a bola para entender como jogaria o adversário e como a bola rolaria no gramado irregular. Após os estudos, partimos ao jogo, primeiro foi a vez do time da casa, que buscava atacar pelo alto, também pudera seu atacante de joelhos tem 2,45 cm. gigante, mais tínhamos em seu encalço nosso pequeno zagueiro e que deu conta do recado, neutralizando suas jogadas. Olaria ao ataque, de quase o meio de campo, Adélio arrisca um chute com a intenção de se prover do campo molhado, goleirão bate roupa defendendo a bola com o ombro fazendo com que a redondinha saia da área e por ali Ednaldo, ligado que estava e contando com a indecisão  do goleiro corre pra bola domina ajeita e chuta no canto sem dar condição de defesa. Olaria achou os atalhos do campo e jogando pela ala direita Valdemar conseguia bons avanços pra linha de fundo, e em uma dessas boas decidas bate cruzada, a turma que se aglomerou pela área furou e de novo a bola chegou aos pés de Ednaldo que novamente com calma ajeitou e meteu a menina nas redes. O jogo seguiu calmo e de domínio dos visitantes, e na soma de relaxamento e a saída de Gauchinho da zaga por contusão o time deu uma perdida em campo Itajaí-açu que estava ligado no jogo não perdeu tempo, alçou bola na área e claro o gigante não perdoou pulou e marcou de cabeça, diminuindo o placar e dando fim aos números da metade inicial.

 

   Invertidos os lados, a lama ainda esta lá não adiantou muito a virada..rsssr.. o jogo continuou sendo dominado pelo Olaria, criando bons momentos de gols, claro o time da casa não era apenas espectador e ai cabe um belo destaque ao nosso sempre prestativo atleta Sassa que se prontificou a defender nossa meta, já que nosso goleiro não foi o jogo. Sassa pegou a camisa e foi pro jogo de mão pelada mesmo e sim fez uma belíssima partida, defendendo bolas incríveis, dividindo na lama duras jogadas, PARABÉNS SASSÁ!!! de volta ao jogo, em bons avanços olarianos e já alguma correria a equipe mandante começou a matar jogadas pelo meio do campo e em uma dessas Leandro alçou a bola na área em joga ensaiada, onde ele GRITA Valdecir e cruza para Adélio, e deu certo Adélio raspa a bola tirando de zagueiro e goleiro que se chocaram deixando a bola ir serena até as redes. Também em cobrança de falta agora foi a vez do time da casa pelo lado direito do campo cruzamento na medida na segunda trave onde por lá livre de marcação estava o atleta de amarelo que dominou e chutou sem chances de defesa do incrível Sassa. Fim de jogo Itajaí-açu 2 x 3 Olaria.

 

   Destaques, juiz fez uma grande partida, marcando todas as faltas ou quase faltas quando o lance era de neutralização de jogada com carrinho próximo ao adversário, ajudou muito também não ser o Vavá quem apitou..rsrsrsrsr... repetir o comentário em relação ao empenho do Vavá, que confirmou o jogo e sim podemos nos divertir com jogo de futebol, onde lógico as duas equipes sofreram com o gramado, mais certamente assim como os Olarianos a equipe da casa curtiu a sujeira que foi o jogo...Parabéns as duas equipes pelo belo jogo que ocorreu, com o perdão do trocadilho foi um verdadeiro JOGO LIMPO.

   Fomos a campo assim: Sassá, Rud, Gauchinho, Jean e Zé, Valdecir, Leandro, Laguna e Adélio, Ednaldo e Valdemar. Sujaram-se ainda na lama de forma igual: Pantxo, Juliano e Pavão.

   Grande abraço a todos!!

   Que todos tenhamos uma maravilhosa pascoa,  onde os desejos que fazemos para nós, família e amigos possam se realizar e assim termos também uma vida ainda mais alegre e feliz!!!

 

     Att.:  Valdecir Roling

Ps.: nenhum comentário do texto foi no sentido de achincalhar o pessoal do Itajaí-açu. Espero que sua leitura tenha tratado as menções a respeito do estado do campo (lama), com a mesma irreverencia a qual suponho ter escrito. Obrigado!

 

9 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Segunda, 3 de abril de 2017

Jogo dos 30tões!!

Neste sábado (01) Olaria recebeu a equipe do Sênior Gaspar, duas equipes que em um passado não muito distante já haviam realizados bons jogos e agora a partir deste 2017 voltam a confraternizar essa magia que é o futebol e ainda para efeito de história, nesse 2017 as duas equipes estão completando 30 anos de vida social e esportiva, certamente muitas histórias pra contar.

Olaria parecendo visitante, pois estava com elenco bem reduzido iniciou a partida com apenas 1 suplente. Ligada no jogo logo conseguiu dominar a partida realizando bons toques de bola sem pressa de ir ao ataque, fazia a bola correr sempre longe da marcação da equipe de Gaspar. Nesse bom toque de bola por volta dos 10 min. conseguiu chegar bem a área de ataque e a bola chega aos pés do estreante em gols pelo Vetéras Olaria Pavão que não perdoa e marca colocando a bola no canto sem chances para goleirão do sênior. Minutos depois foi a vez do matador Ednaldo que recebeu a bola pela ponta direita da área botou a bola pra frente e sentou o tamanco na redonda, goleirão atento foi buscar mais Ednaldo sedento pelo gol caçou o rebote e entrou com bola e tudo. Amigos não pensem que a coisa estava fácil, Sênior estava ligado no jogo e usando seu ponta direita e o meia armador, vinham sempre com velocidade ao ataque dando perigo a defesa olariana, Matheus teve algumas boas defesas salvando Olaria de tomar gols. A sorte do dia era pró Olaria mesmo, em nova boa jogada pela direita a bola é lançada cruzada pra dentro da área a zaga fura, atacante olariano fura também mais o mito da pochete Ednaldo não deixa passar e em excelente domínio a bola dorme a sua frente goleirão sai para tentar abafar e Ednaldo “calmo” bate por entre as pernas do guarda metas de Gaspar. Sênior Gaspar não veio a passeio para Guabiruba, em lance de bobeira Olariana se criou um belo contra-ataque rapaziada costurou nossa defesa e ainda conseguiu chegar com um elemento surpresa pelos arredores da marca do pênalti que recebeu a bola sozinho sozinho, e ai claro foi escolher o canto e sair pro abraço. Acreditem ainda estamos na parte inicial do jogo, agora em jogada bem trabalhada por quase toda equipe olariana Gauchinho Zagueirão inicia em nosso campo de defesa a jogada que lá na frente o mesmo chega pelo centro da área para enfim dar números finais ao primeiro tempo do jogo Olaria 4 x 1 Sênior Gaspar.

Segundo tempo prometia, e não podia ficar por menos! Sênior Gaspar realizou algumas mudanças o que deu folego novo a sua equipe e logo mostrou que a vontade de buscar o resultado era grande, em boa jogada de um de seus bons e rápidos atacantes, rapazinho entrou a toda velocidade e sem muito tempo a pensar acertou um belo chute sem chances de defesa ao arqueiro olariano, trazendo o placar para uma diferença perigosa de 2 gols. Olarianos viram que ficar enrolando o jogo não daria muito certo e voltaram a correr em campo, dando novamente a cara de um bom jogo, e em jogada trabalhada novamente por grande parte do pessoal de branco, Valdemar é lançado pelo meio da área fica de frente pra o goleiro espera até o defensor escolher o canto e ai o chute sai, dando novo sorriso ao rosto olariano, ufaaaaa também um novo folego no placar. Sênior ainda lutava para buscar um placar menos elástico, agora pela esquerda a bola é enfiada na medida e de novo sem chances de defesa a gorduchinha estufa as redes, Olaria 5 x 3 Sênior Gaspar. Pra fechar bem o dia Olariano em jogada de ataque a bola chega aos pés do m1t0 Laguna e o rapazinho num corre corre desesperado por dentro da área gasparense, consegue meio sem querer driblar dois marcadores, ameaçar dois chutes deixando o goleiro sem ação e só ai chutar pelo cantinho da pequena área perto da linha de fundo um golaço, Grande laguna é sempre um prazer ve-lo jogar e vez ou outra marcar um golzinho mitológico desses... golaço. Fim de jogo Olaria 6 x 3 Sênior Gaspar.

Importe mencionar, apesar das discussões em campo que digo serem do futebol ...... nada de maldade aconteceu em campo, duas equipes que jogaram o jogo todo sem muitas faltas apenas algumas para parar jogadas, ainda com o juiz tendo alguns erros mais que acabaram beneficiando as duas equipes de formas bem parecidas. Ainda dois atletas que não sabem conter muito as provocações e reclamações, 5 do Olaria e 9 Sênior Gaspar intriga que foi do início ao fim do jogo mais sem nenhuma falta entre ambos, quase cabe os parabéns...rsrsrsr

Obrigado Morales por ajudar nesse reencontro, e claro meus sinceros pedidos de desculpas se algo tenha fugido ao contento de sua equipe e amigos.

Olarianos, precisávamos de uma vitória convincente e que bom que ela veio em casa, empatamos nosso primeiro jogo por conta do juiz que foi bem do caseiro, o segundo foi um jogo duro adversário muito consistente e deixamos a vitória escapar entre os dedos, o terceiro jogo jogamos sem nosso principal goleiro e isso acabou também pesando um pouco (sem crucificar quem o substituiu) tivemos um grande jogo diante de uma grande equipe e ai veio nosso quarto jogo vitória merecida pelo bom jogo e grupo bem aguerrido.

Fomos a campo assim: Matheus, Betinho, Gauchinho, Jean e Zé, Valdecir, Sassá e Adélio, Valdemar, Pavão e Ednaldo. Em sustento ao bom jogo participaram de forma igual: Raposo, Laguna, Juliano e Leandro.

Boa semana a todos!!!

            Att.: Valdecir Roling 

3 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quarta, 22 de março de 2017

Jogão de Bola!

    E neste ultimo sábado (18), recebemos os novos amigos da equipe do 1º de maio de navegantes e que por sorte os caras jogam um fino de bola que de quebra nos proporcionou um grande jogo de futebol, tanto para quem jogou quanto para quem assistiu.

 

   O jogo já se inicia, com boas trocas de bola de parte a parte, mais foi a equipe visitante que abriu o placar, costurando toda a defesa olariana do lado esquerdo o avante de Navegantes foi driblando um após o outro até deixar nosso goleiro quebra-galho deitado no chão e marcar um bonito gol. Pouco tempo depois foi à vez olariana de criar boa jogada, porem pelo lado esquerdo da defesa dos visitantes e ao que parecia perdida a jogada Ednaldo não desistiu da jogada e partiu pra dividir a bola com o zagueiro e goleiro e no tal deixa que eu deixo nosso GRANDE atacante consegui roubar a bola e marcar o gol de empate. Depois de igualar o placar nossa equipe mostrou uma nova postura diante de nossos visitantes que até então dominavam a partida com boas saídas de jogo, dois volantes de toques precisos em sua saídas outros dois meia armadores muito criativos nos lançamentos que faziam, mais como dito, mudamos a postura de jogo e como também temos uma excelente equipe nosso meias Sassa e Laguna iam deixando sempre o nosso ataque em boas condições de marcar. E nessa de criar boas jogadas de lado a lado tivemos uma grande chance desperdiçada por nosso atacante onde de perna trocada acabou tocando pra fora, deixando assim o placar do jogo em 1 x 1 nessa primeira etapa de um grande jogo.

 

   Segunda etapa, vamos ao jogo. Algumas mudanças na equipe olariana e as constantes mudanças na equipe do 1º de maio, que veio com quase dois times não mudaram as características do jogo que seguiu forte no ritmo de hora uma  equipe cria e ataca bem, hora a outra faz o papel de perigoso ao ataque. Em saída errada de bola olariana a bola cai nos pés do armador visitante que rapidamente avista seu atacante livre pelo meio, este recebe a bola costura nossa defesa e marca mais um belo gol e como jogo bom não acaba olarianos não se abateram, Laguna perto da linha de fundo atravessa a bola no segundo poste onde em um bate defende a bola sobra quicando e Adélio de puxeta toca pra dentro do gol, goleirão até tentou dar uma enganadinha puxando a bola mais Ednaldo na função de matador chegou chutando tudo pra garantir o gol de um novo empate. Acabou?? nãoooo em nova jogada de ataque agora pelo lado direito com um belo chute de média distancia nosso goleiro fez boa defesa porem acabou soltando a bola deixando livre para bom atacante da equipe laranja e este não perdoou, meteu a bota e saiu para o abraço finalizando o resultado desse excelente jogo de futebol Olaria 2 x 3 1º de maio.

 

   Dizer que foi um prazer de jogar com essa equipe de bons jogadores, onde futebol é o que tivemos sem nada de deslealdade faltas de jogo e nada mais. Obrigado pela visita 1º de maio, espero que consigamos acertar o jogo da volta.

 

   Olarianos no caminho certo, por mais que a vitória ainda não tenha surgido em nossa estatística esse ano, estamos realizando bons jogos e criando ótimas expectativas para este ano a vitória ainda não saiu por detalhes que sabemos quais são e vamos acertar. Parabéns pessoal!!

 

   Fomos a campo assim: Challico, Betinho, Jean, Gauchinho, Zé, Valdecir, Beto, Sassa, Laguna, Valdemar e Ednaldo. Ainda tiveram boa contribuição ao jogo: Pantxo, Adélio e o filho do Gauchinho (não lembrei o o nome, perdão).

 

   Grande abraço a todos!!

 

   Att.: Valdecir Roling 

7 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quarta, 15 de março de 2017

Jogando em Casa!!

    Neste ultimo sábado (11) em uma tarde agradável fomos agraciados com a visita dos bons e velhos amigos do União Bandeirante de Camboriú, Thiago e compania. Equipe a qual mesmo nós tendo já a alguns jogos sofrido apenas derrotas e empates queremos marcar sempre novos jogos, pois sempre saem ótimos jogos desse grande embate. Infelizmente nesse ultimo jogo novamente fomos vencidos... o Tal Rodi é um tormento as defesas adversárias.
 
   Em um primeiro tempo de um jogo muito bem jogado, o time da casa dominou o meio de campo, neutralizou as jogas de armação da equipe do União, e criou boas jogas ofensivas. Valdemar em ótima jogada de infiltração pelo lado esquerdo de nosso ataque invadiu a areão arrumou a bola pro pé direito e deu um belo chute quase que colocado com as mãos no canto oposto do gol deixando o guarda metas Bandeirante sem chances de defesa, grande jogada e lindo gol, Valdemar voltando a velha forma. Porem no único vacilo Olariano justamente em jogada em que a bola foi lançada ao perigoso Rodi, o garoto não perdoou invadiu a área e bateu colocado tirando a bola do goleirão Matheus, dando novamente números iguais ao jogo. Ainda na primeira etapa em falta a pró Olaria Sassa (sempre monstro) foi para a cobrança e em chute cruzado na segunda trave Valdecir (MUITO BEM POSICIONADO srsrrsr) de cabeça coloca a bola pra dormir nas redes, Olaria novamente na frente. Outros bons lances foram criados nessa ótima primeira etapa, lances de quase gol não concluídos por detalhes de finalização ou por grandes defesas dos dois Goleiros, ops ou ainda bolas recuperadas pelas duas duplas de zaga que fizeram tbm uma linda partida na primeira etapa.
 
   Já no segundo tempo o jogo virou de forma positiva aos visitantes, com poucas mudanças por parte do equipe do União q veio bem limitada em numero de atletas pouca coisa mudou em sua forma de jogar, Já na equipe da casa as muitas mudanças fizeram um efeito de desentrosamento e foi o que bastou para Rodi aprontar das suas, na primeira oportunidade invadiu a área pela lado esquerdo foi a linha de fundo e bateu cruzado fazendo a bola chegar limpinha serena e tranquila nos pés do avante Xeréu do Bandeirante que só teve o trabalho de comemorar o gol. Em nova oportunidade escanteio em nosso desfavor, bola na entrada da pequena aera e Rodi o nome do Jogo subiu sozinho para dar números finais ao jogo Olaria 2 x 3 União Bandeirante. Olaria não estava morto não meus amigos, criou também algumas boas jogadas na segunda etapa, porem as conclusões não foram convertidas o que nos amargou em uma derrota em nosso primeiro jogo em casa. Mais cabe a ressalva de que foi um grande jogo de futebol.
 
   Agradecimentos a presença dessa turma gente boa do União, Thiago sempre atento aos detalhes de organização e ajustes para os jogos. Renê e mais alguns que não vieram esperamos que pelo menos tenham ganhado o campeonato em que estavam disputando a final.. ai dá pra perdoar a ausência...rsrrrs
 
   Agradecimentos ainda maiores a turma de Olarianos que se fez presente e certamente além de se dedicar ao jogo curtiu jogar essa bela partida de futebol.
 
   Fomos a campo assim: Matheus, Rud, Juliano, Jean, Betinho, Valdecir, Beto, Laguna, Sassá, Valdemar e Negão. Ainda participaram ativamente do jogo: Izaias, Gauchinho, Zé, Pantxo e Raposo.
 
   Grande abraço a todos!!!
 
              Att.: Valdecir Roling
6 pessoas comentaram. Leia e comente também!
www.futebolveterano.com.br | contato@futebolveterano.com.br