NAÇÕES BALNEÁRIO CAMBORIÚ-SC

Blog
Sábado, 9 de dezembro de 2017

Último jogo do Ano, e para fechar o Ano com chave de ouro, vamos receber nossos Amigos do Amigos da Vila.

Sejam muito bem vindo Amigos da Vila.

Participe, deixe o seu comentário
Quarta, 15 de novembro de 2017

Um dos jogos mais corridos e pegados deste ano para o Nações, enfrentamos pela primeira vez em casa os amigos do Taboão de Rio do Sul.

Uma tarde de muito sol, correria, e muitos jogadores habilidosos dando o máximo dentro de campo atrás de uma vitória para suas equipes. Assim foi o jogo deste sábado na Sede do Nações, com um timaço de Rio do Sul, o Taboão, que também não conhecíamos ainda, mas tínhamos muitas referências boas de outros Veterano. É verdade, pensa num jogo corrido e pegado, acredito que um dos mais difíceis para a equipe do Nações. Com 3 minutos de jogo, Taboão já abria o placar num bonito gol de cabeça após escanteio, e foi assim até os trinta minutos do primeiro tempo, muita pressão do Taboão e a zaga do Nações trabalhando muito, após os 30 minutos, Nações começou se achar em campo e virou a partida, com Gols do volante Kibe e o atacante Mônica. Vamos ao segundo tempo, mal começa e já tomamos o empate, jogo volta a ficar aberto para os dois times, e quando o Taboão comemorava o empate, num escanteio, o zagueiro Clemir sobe mais que a zaga e faz o terceiro para o Nações. Nações comemorava também, mas também não deu tempo, pênalti marcado pelo juizão, Esqueleto agarra e é agarrado, mas só vê o Esqueleto, então pênalti, más como um gato, Xero o paredão do Nações defende, banho de água fria no Taboão, que parece que sente, então em boa jogada individual do atacante Mônica, que limpa os dois zagueiros e fuzila para dentro do gol do Taboão, fazendo quarto gol do Nações. Mas o Taboão não desiste e continua atacando, e em bola cruzada, o zagueiro Esqueleto quase tromba com o paredão Xero, e acaba raspando a bola e fazendo contra o terceiro gol do Taboão. Taboão se joga contudo para o empate, mas já estava no final do jogo. Término de jogo, Nações 4 x 3 Taboão. Após o jogo fomos para recepcao e muita gelada na própria sede do Nações. Espero que tenham gostado de tudo, grande abraço aos novos amigos do Taboão e até um próximo encontro.

 

 

2 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Quarta, 15 de novembro de 2017

Duelo de duas excelentes equipes na Cidade de Joinville, Amigos da Vila x Nações.

Em tarde Chuvosa por toda a viagem até Joinville, fomos para um grande jogo contra nossos novos Amigos do Amigos da Vila do grande Rolf, este que também não pôde estar presente no jogo por problemas de saúde. Mas após a chegada no campo, a chuva deu uma trégua e fomos ao que mais interessa, rolar a gorducha naquele tapete do campo do Amigos da Vila. Um primeiro tempo um pouco mais superior ao Amigos da Vila, o Nações até tentou, mas não conseguiu furar o bloqueio do Sensacional Paredão Sandro, goleiro do Amigos da Vila, terminando 0 x 0 o primeiro tempo. Já no segundo tempo, depois de muitas tentativas e várias defesas do Paredão Sandro, conseguimos abrir o placar com Mônica em bola cruzada por Tonho da Lua. Com isso o Amigos da Vila se jogou para o ataque, e o Nações começou aproveitar os contra ataques, e já no apagar das luzes, novamente Mônica aproveita e faz o segundo do Nações. Término de jogo, Amigos da Vila 0 x 2 Nações. Após o jogo fomos recepcionalos no próprio local com uma belíssima janta e muita cerveja. Campo um tapete, local muito bonito, excelentes jogadores, e grandes novos amigos. Grande abraço ao Sr. Rolf que não pôde estar presente,  e a todos atletas do Amigos da Vila, em especial Sandro Paredão, Cardoso e Jonas. 

Participe, deixe o seu comentário
Quarta, 15 de novembro de 2017

Grande jogo contra a equipe do Garuva do nosso amigo Luiz.

Numa tarde ensolarada, o Nações foi a Cidade de Garuva confraternizar com nossos amigos do Garuva, comandada pelo excelente goleiro Luiz Henrique, que não pôde estar no jogo devido escala de serviço. Um primeiro tempo de muitos gols, 3 para cada lado, já no segundo tempo o setor defensivo de ambas as equipes começou a funcionar, evitando os prováveis gols, mas aos 30 minutos do segundo tempo, em bate rebate dentro da área do Garuva, Toco Zagueiro do Nações empurra a pelota para dentro do gol, segurando assim a vitória at é o final do jogo. Término do jogo, Garuva 3 x 4 Nações. Após o jogo fomos recepcionados logo à frente com uma excelente janta e muita cerveja gelada. Obrigado Garuva em especial Luís Henrique pelo ótimo jogo de futebol. Grande abraço a todos do Garuva.

Participe, deixe o seu comentário
Quarta, 25 de outubro de 2017

Sábado para ser esquecido? Nada, apesar da derrota dentro de campo, ganhamos na Recepção.

Boa noite galera do Futebol Veterano. Vamos a mais uma resenha, sobre o jogo deste sábado Entre Nações x Kiferro. Kiferro veio à Balneário Camboriú com sua força máxima, pois sabia das dificuldades de jogar na casa do adversário, equipes uniformizadas, vamos ao jogo.

Primeiro tempo: Começa o jogo, Kiferro da o pontapé inicial, jogo começa com as duas equipes se estudando, muito toque de bola, erros de passes das duas equipes, e muita marcação dos dois lados, Kiferro começa a chegar mais na área do Nações, colocando o goleiro Xero para trabalhar, depois de algumas chances perdidas, em boa troca de passes do Nações, eis que ch a grande área do Kiferro, zagueiro falha e a bola sobra para o meia Chaves, que por cobertura faz um belo gol sob o goleiro do Kiferro. O gol serviu para acordar o Kiferro, que vem contudo para cima do Nações, e em boa jogada pela lateral, acaba saindo o empate do Kiferro, que avança e coloca no contrapé do goleiro Xero.  Kiferro continua com a pressão, e em boa triangulação dos meias , acaba sofrendo falta na linha do meio da grande área; jogador do Kiferro bate com muita força rasteiro e o jogador Tonho da Lua que estava no meio da barreira, vira a bundinha, o suficiente para a bola passar pela barreira e sair a virada, terminando assim o primeiro tempo Nações 1 x 2 Kiferro.

Vamos ao segundo tempo: Depois de muita resenha no intervalo e algumas modificações por parte das duas equipes, a bola volta a rolar. Nações vem na tentativa de empatar o jogo, e começa pressionando o Kiferro, mas sem objetividade, Kiferro só aguardando os contra-ataques, então no escanteio a favor do Nações, muita demora para alçar a bola na área, o defensor do Kiferro rouba a bola e num contra-ataque mortal faz seu terceiro gol. Nações parece sentir o terceiro gol, tenta seguir atacando, mas novamente em boa triangulação entre meias e laterais, a bola é tocada para trás para quem vem, e de chapa coloca a bola onde a coruja dorme, fazendo o quarto gol do Kiferro. Desânimo no Nações, não conseguíamos sair da forte marcação do Kiferro, e eles aproveitavam muito bem os contra-ataques, e nestes então sai o quinto gol, em bola roubada no meio campo, atacante vem para cima do zagueiro consegue tirar para o lado e chutar no canto direito do gol do Nações, para mais um gol, a essas horas o Nações já não n se achava mais em campo, muitos erros de marcação, e novamente em contra ataque, o lateral disputa corrida com zagueiro Esqueleto que acaba por fazer pênalti, segundo o árbitro da partida, então Alemão cheio de graça coloca a bola marca de cal, e tenta tirar tanto do goleiro, que acaba jogando para fora, a essas horas concluimos que Alemão era nosso, kkkkkkkkkkk, brincadeira, tentou colocar a bola na gaveta, mas tirou tanto que quase colocou na Arroizera. Nações então viu que não era nossa tarde mesmo, jogando muito mal, começou só se defender, não conseguia chegar à frente, marcação muito boa dos defensores do Kiferro. Saiu mais um gol do Kiferro, mas já não estava mais em campo, pois este não posso colocar a narrativa de como foi, terminando o jogo então, com uma goleada do Kiferro,  6 x 1, isso mesmo, graças ao Alemão, não deu Brasil x Alemanha. Que sapatada, fazia alguns anos que não perdíamos desta maneira, apesar de alguns desfalques por parte do Nações, não podemos tirar o mérito desta excelente equipe do Kiferro.

Kiferro, que equipe é essa? Equipe de jogadores que dão um banho tanto dentro de campo quanto fora dele, jogadores qualificados, jogam o fino da bola, muita troca de passes, sempre visando a bola, nada de faltas, muito pouco, faltas normais de jogo, galera muito boa para jogar  futebol e fazer a festa após o jogo. Comissão técnica, o nosso amigo Véio como sempre, muito educado e amigo,  não se vê uma palavra de xingamento tanto com seus comandados quanto com seus adversários. Parabéns Kiferro por esta excelente vitória, temos que respeitar a força desta grande equipe.

Nações até tentou, mas não foi possível guentar a força do Kiferro neste sábado, apesar de alguns desfalques, fomos presa fácil nos pés do Kiferro. Tarde para ser esquecida dentro de campo, porque fora dele foi só alegria, fomos para a Sede, onde o cheirinho do Caldo de Peixe estava de matar qualquer um, muita cerveja e muita cachaça por parte do Kiferro, como sempre Altevir nos presentiando com aquela tradicional Cachaça do Kiferro, desta vez de Café, será que o Marcelo gostou, kkkkkkkkkkkkk, muito boa mesmo, depois de alguns minutos de muita cachaça e cerveja, servimos a janta, regada a muito Caldo de Peixe, Pirão saladas e muito Peixe, muito mesmo, muito bom ver a alegria da galera do Kiferro, parece que gostaram, vi algumas repetições na panela de Peixe, kkkkkkkkkkk, acho que o Nei pode dizer algo, se estava bom ou não, kkkkkkkkkkk, brincadeira Nei, Eu Marcelo e o Nações ficamos muito felizes em vermos todos os integrantes do Kiferro satisfeitos com nossa humilde recepção, mas de coração. 

Nações foi a Campo: Xero, Toco, Xonado, Agostinho, Leão Lobo, Kibe, Cachorro Louco, Zangado, Tonho da Lua, Papai Pig, Sgt Pincel, Suricato, Mini Tony Ramos, Chaves e Esqueleto.

Obrigado Kiferro por fazer parte do nosso Calendário anual, se bem que o Altevir acho que foi demitido da Agenda de jogos, deixou nós de fora ano que vem e a galera do Kiferro sem Peixe, kkkkkkkkkkkkkkk, os caras querem tua cabeça Altevir, kkkkkkkkkk, brincadeiras à parte, se Deus quiser, 2019 estaremos juntos novamente, abraço especial ao Altevir, Edson, Nei e Véio da minha parte.

Marcelo/Esqueleto.

 

1 pessoa comentou. Leia e comente também!
Segunda, 25 de setembro de 2017

Neste sábado 23/09 fomos a Cidade de Tijucas jogar contra nossos amigos do Joaia. Com muitos desfalques o Nações ainda conseguiu uma boa Vitória.

Participe, deixe o seu comentário
Segunda, 25 de setembro de 2017

Grande jogo no sábado 16/09. Nações 4 x 4 Itajaiense. Jogo onde prevaleceu a Amizade de muitos anos.

Participe, deixe o seu comentário
Quarta, 13 de setembro de 2017

Que sábado foi esse na Cidade mais Alemã do Brasil ?

Boa noite galera, 

Isso mesmo, que sábado foi esse na Cidade mais Alemã do Brasil, Pomerode, dos nossos amigos da Equipe do Ribeirão da Areia e do nosso Ilustre goleiro Max.

Já na chegada, fomos dar uma olhada na Churrasqueira, kkkkkkkkkkkkk, nada mais nada menos que um Leitão no Rolete, coisa mais linda de se ver, já tinha jogador que nem queria ir para o jogo, queria ficar ali mesmo ao lado daquela obra prima, o Leitão, mas como viemos para jogar, fomos ao que nos esperava. Como sempre,  Sr. Max nos recepcionando na chegada, nos dando as boas vindas, um verdadeiro Gentleman.

Vamos ao primeiro tempo do jogo: Começa o jogo com as duas equipes se estudando, e logo em seguida começam a se soltar, correr em busca do gol, setores defensivos de ambas equipes começavam a trabalhar mais, e nestas chegadas, Nações sofre falta próximo a grande área, Mônica pega a bola com carinho, e vai para o chute, muito bem batida, a bola quase chegando ao goleiro Sr. Max abre para direita, sem chance  do Sr. Max conseguir voltar, belo gol do Mônica do Nações. Ribeirão da Areia não quer nem saber de ficar atras no placar, e parte para cima do Nações, setor defensivo começa a sofrer pressão, bola na trave, grandes defesas do nosso paredão Máscara, fazia com que conseguíssemos segurar o 1 x 0 no primeiro tempo, diga-se de passagem um primeiro tempo muito corrido.

Vamos para o segundo tempo: Nações com algumas mudanças, apesar de ter somente dois atletas no banco, já o Ribeirão da Areia, com quase dois times no banco de reserva, mas segue o jogo, Ribeirão se joga contudo em busca do empate, Nações se fechava e aguardava os contra-ataques, então em saída rápida com nosso Paredão Máscara, Mônica ganha do zagueiro e faz o segundo gol dele e do Nações. Ribeirão da Areia não desiste, segue com boas jogadas, mas como disse antes, setor defensivo vinha bem no jogo, anulando asssim as investidas, e novamente nosso paredão Máscara lança no peito do Mônica que domina e toca para Papai Pig na lateral esquerda, que domina,  avança um pouco e acerta um canudo na gaveta do lado direito do incansável Sr. Max, que até tentou alcançar, mas não tinha como, muito bem batida mesmo, fazendo 3 x 0 para o Nações. Segue o jogo, e o Ribeirão da Areia de tanto insistir, em jogada pela esquerda, o atacante cruza para dentro da área, e de cabeça o outro atacante só casca, encobrindo assim nosso paredão Máscara. Ribeirão da Areia vê a possibilidade de começar a diminuir o placar, e se joga contudo, mas novamente, Máscara faz um ótimo lançamento para Mônica, que aguarda o erro do zagueiro, consegue então ganhar na corrida e estufar a rede novamente, fazendo seu terceiro gol na partida e o quarto do Nações. Sem muito mais tempo, a partida termina com uma boa vitória do Nações, 4 x 1 sobre a forte equipe do Ribeirão da Areia.

Ribeirão da Areia, que equipe Sensacional, jogadores leais, alguns mais habilidosos, outros mais força física, e um Goleiro de tirar o chapéu, equipe muito qualificada, em todos os setores, um campo perfeito, na marcação nas goleiras e um gramado muito bom. Arbitragem, nem sei o que dizer, ou melhor, um trio, juiz e bandeiras, fazia tempo que não víamos um trio de arbitragem tão bom, foram perfeitos em tudo, de uma tremenda educação com os jogadores, como se diz, souberam conduzir muito bem a partida. Mas agora vou falar da melhor parte, o LEITÃO, kkkkkkkkkkkkkkkk, o que foi aquilo Sr. Max e Lindolfo, coisa linda, acredito que uma das melhores, se não a melhor recepção em alguns anos de estrada no veterano. Não sei se merecíamos tanto carinho por nossa equipe, ainda nem sei o que vou fazer ano que vem para esses nossos irmãos do Ribeirão da Areia, mas pode ter certeza que será a altura deste Leitão. Teve jogador nosso que nao saia da fila, olhávamos e lá estava novamentente, ao lado do Leitão, muito bom mesmo, só alegria, um sábado inesquecível para os 14 atletas que lá puderam estar, desde a chegada até a saída, como sempre muito bem recepcionados, tanto atletas como torcedores do Ribeirão da Areia, pessoas excepcionais, nos tratavam como se fossemos todos atletas do Ribeirão da Areia, verdadeiros amigos memo. Não ppoderia deixar de falar sobre este Ícone do nosso Futebol Veterano, Sr. Max, este sim, merece todo o Respeito por parte do Nações, uma pessoa de um coração enorme, uma simplicidade inigualável, uma educação tremenda, um goleiro com muita agilidade e percepção de jogo, são vários adjetivos, que poderia ficar enumerando aqui a noite inteira. Parabéns Sr. Max, pelo sábado inesquecível que o Sr, e o Ribeirão da Areia nos proporcionou, até ano que vem se Deus assim nos permitir. 

Nações foi a Campo: Máscara, Esqueleto, Xero, Leão Lobo, Suricato, Cachorro Louco, Kibe, Zangado, De Menor, Papai Pig, Mônica, Leandro, Duka e TNT.

Parabéns Guerreiros do Nações que estiveram neste sábado inesquecível, muito comprometimento por parte de todos os jogadores que lá estiveram, muita festa desde a saída para Pomerode até à volta para Balneário Camboriú. Estava estampado a felicidade por parte de todos que ali estiveram neste sábado na Cidade mais alemã do Brasi. Muito bom estar com vcs todos. Agradecer em especial ao Leandro e o Duka pela ajuda ao nosso time neste sábado, pois estávamos somente em 11, e nos ajudaram muito, pelo menos tínhamos dois no banco sempre. E ao Jair TNT que nos acompanhou para estar junto de seus amigos. Parabéns Nações.

Marcelo/Esqueleto

2 pessoas comentaram. Leia e comente também!
Sexta, 8 de setembro de 2017

Amanhã estaremos na Cidade mais alemã do Brasil, Pomerode, para encontrarmos nossos amigos do Ribeirão da Areia e o Ícone Sr. Max do Futebol Vet.

Participe, deixe o seu comentário
Domingo, 20 de agosto de 2017

Nações vai a Cidade de São Francisco do Sul, joga bem, convence e sai com uma bela vitória sobre a fortíssima equipe do Corinthians.

Neste sábado, com cara de chuva, fomos visitar nossos amigos do Corinthians de São Chico, para realizarmos a partida de futebol da volta. Tudo pronto para realizar o jogo, campo marcado, trio de arbitratem em campo e as duas equipes prontas para o Show.

Vamos ao primeiro tempo, Nações da o pontapé inicial, tocando abem a bola, Corinthians vem contudo para cima, pois jogava em casa, mas o Nações conseguia envolver bem o Corinthians, apesar de ter muito trabalho com o atacante do Corinthians, mas com boa troca de passes, sai o primeiro gol do Nações, com um belo chute do atacante Mônica no lado direito do goleiro do Corinthians, que nada pode fazer. Corinthians vem para cima, mas o setor defensivo funcionava bem e anulava as jogadas mais perigosas. Novamente em boa triangulação dos meias do Nações, acontece uma falta pelo lado esquerdo, e a bola foi caprichosamente cruzada na área, eis que o lateral Suricato, paira no ar e faz o movimento perfeito de cabeça, colocando a bola no canto esquerdo do goleiro Corintiano, que não alcança e vê o segundo gol do Nações. Corintianos não abaixam a cabeça não, e vem contudo para diminuir o placa, mas em roubada de bola no setor defensivo e saída rápida, encontra Mônica que por cobertura faz o terceiro gol do Nações. Corinthians não segue acreditar, 3 gols já no primeiro tempo, Nações faz algumas mudança, entram Cunhado na lateral esquerda, que tenta em seu primeiro lance, um lançamento de três dedos, mas acaba pegando só no dedão, e acaba saindo para lateral, mas segue o jogo e o Corinthians não consegue diminuir no primeiro tempo. 

Vamos ao segundo tempo, algumas mudanças, entram Xonado na zaga, Papai Pig vai para o ataque, Amin Khader no meio e Cachorro louco volta como volante, Nações com o placar a frente, toca mais a bola e espera o Corinthian, para assim aproveitar os contra-ataques, e o jogo fica um pouco truncado no meio campo, Nações com boas chances nos contra ataques, Corinthians tentando achar seu gol com o atacante, mas setor defensivo do Nações funcionava bem. Então en contra-ataque de Garoto Bombado, ele sofre falta proximo a grande área, Papai Pig que ha muito tempo não sabia o que era acertar o gol, dessa vez com maestria coloca a bola nas redes, onde foi muito comemorado com seus amigos dentro de campo e com a galera do banco. Corinthians não consegue acreditar no placar, se joga contudo, mas à tarde era mesmo do Nações, novamente falta no bico ga grande área, só que dessa vez, Tonho da Lua arruma com carinho e por cima da barreira faz seu gol e o quinto do Nações, e sai que nem louco gritando, " Eu Amo a Rutinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa". Com  isso o Nações faz mais algumas mudanças, sai Mônica, Toco, Agostinho e Garoto Bombado, para entrada do Esqueleto, Kibe, Sgt Pincel e Suricato, jogo continua da mesma forma, marcação do Nações e contra ataques, e o Corinthians atras de seu gol de honra, eis que acontece, em saída apertada na zaga, Esqueleto toca curto para nosso paredão Xero, atacante rouba, Esqueleto chega na marcação, mas o juizão vê pênalti, interpretação dele, mas tranquilo, Leandro mesmo bate e faz o gol de honra do Corinthians. Final de jogo, e Cunhado volta a campo no lugar do Leão Lobo, e logo em seguida vem o término do jogo, com o placar Corinthians 1 x 5 Nações.

Tarde perfeita na Cidade de São Chico, Campo muito bom, Arbitragem Excelente, muito boa mesmo, diga-se de passagem um trio de arbitragem, difícil de vermos nos Veteranos, devido aos valores acredito eu, fica quase que impossível colocarmos um trio de arbitrage, mas parabéns ao Corinthians que tem a possibilidade de colocar, jogadores dos dois lados, leais, pensando em jogar bola, em fazer gol, em correr, marcar, mas tudo com muito respeito entre todos. Após o jogo foi nos servido uma belíssima janta, com direito a sorteio de rifa e tudo mais. Parabéns atletas do Corinthians e Comissão técnica, veterano este para se jogar todos os anos, pessoal gente boa demais.

Naçôes foi a campo: Xero, Esqueleto, Toco, Suricato, Leão Lobo, Kibe, Cachorro Louco, Garoto Bombado, Tonho da Lua, Mônica, Sgt Pincel, Papai Pig, Agostinho, Xonado, Amin Khader e Cunhado.

Parabéns Família Nações, jogamos como temos que jogar, um ajudando o outro, sem discussão alguma, incentivando um ao outro, muita marcação, meias trabalhando muito bem a bola, e os atacantes fazendo sua parte, Gols. Uma pena alguns atletas nossos não poderem estar juntos, devido à contusõe, mas espero que se recuperem o quanto antes para estarem junto à sua Família Nações.

Não poderia deixar de mencionar este ser humano chamado Biga, que esteve no jogo passado contra o Democrata de São Bento, e com seus cabelos e barba mais brancas que uma saca de cal, jogou muito na lateral esquerda no primeiro tempo, e no segundo se aventurou no ataque ao lado do Mônica, imagine só, quase o dobro da idade do Mônica, com seus 64 anos, quase pegou o rebote do Mônica no chute, sería um gol de centro avante de área, matador mesmo, mas quiz a bola que passa-se por vc. Biga muito bom ter vc ao nosso lado ao sábados, fez falta neste, espero que esteja nos próximos.

Grande abraço Familia.

Marcelo/Esqueleto.

 

p

4 pessoas comentaram. Leia e comente também!
www.futebolveterano.com.br | contato@futebolveterano.com.br